As discussões e debates em torno das prioridades estratégicas do Governo do Estado e as principais entregas que serão realizadas pela gestão começam nesta sexta-feira (27), durante o Seminário de Planejamento Estratégico 2015-2018. A programação do evento segue até sábado (28).

A abertura do seminário será conduzida pelo governador Paulo Hartung e participam secretários, subsecretários e presidentes de órgãos do Governo do Estado. A programação prevê a realização de três palestras, uma delas vai abordar a Conjuntura Econômica e será proferida pelo coordenador geral de Economia Aplicada do Instituto Brasileiro de Economia (FGV), Armando Castelar.

IMG_0231
A abertura do seminário será conduzida pelo governador Paulo Hartung. Foto Wilcler Lopes/Portal27

As Mudanças Climáticas também serão tema de discussão com a palestra apresentada pelo professor e pesquisador da Unicamp, Hilton Silveira. Ele é criador do Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas à Agricultura (Cepagri) da Unicamp e representa o Brasil em diversos fóruns internacionais sobre o clima.

Já no sábado (28), o economista Ricardo Paes de Barros vai conduzir a palestra Temas Sociais Contemporâneos. Ele possui dois pós-Doutorados em Economia e é pesquisador do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), onde conduz pesquisas no campo de desigualdade social, educação, pobreza e mercado de trabalho no Brasil e na América Latina.

Ricardopaes
o economista Ricardo Paes de Barros vai conduzir a palestra Temas Sociais Contemporâneos.

Segundo o secretário de Estado de Economia e Planejamento, Regis Mattos, os palestrantes foram escolhidos com bastante cuidado. “A equipe da SEP buscou nomes que pudessem promover uma reflexão que nos leve ao nosso objetivo de qualificar as ações de Governo. Cada ação e projeto de Governo dever ser pensada com a preocupação com seu custo-benefício. Elas precisam ser viáveis, sustentáveis e trazer retorno efetivo para a sociedade”, explica.

Durante o seminário, a equipe de Governo será dividida em grupos de trabalho de acordo com as áreas de resultado do planejamento, são elas: Educação; Saúde; Segurança, Defesa Social e Justiça; Desenvolvimento Econômico; Desenvolvimento Social; Meio Ambiente e Agricultura; Infraestrutura e Logística; Desenvolvimento Urbano e Regional; Turismo, Cultura e Esporte; e Gestão Pública. O resultado obtido pelos grupos será levado para debate e deliberação em plenária.