Com a estiagem que já dura quase um mês em Guarapari, o 5º Batalhão do Corpo de Bombeiros tem trabalhado diariamente para combater os incêndios em vegetação. Do dia 10 deste mês até agora, foram combatidos 48 incêndios na cidade, número muito superior aos 19 atendimentos feito no mesmo período do ano passado.

Além dos 48 incêndios em vegetação atendidos pelo batalhão, outros 82 chamados não puderam ser atendidos pois os bombeiros já estavam em outra ocorrência.

O Capitão Págio do 5º Batalhão explica que a maioria dos incêndios são causados pela própria população. “Na quase totalidade, os incêndios começam por ação do homem. Infelizmente ainda se praticam muitas queimadas na zona rural e nas áreas urbanas o hábito de colocar fogo em montes de lixo acabam causando a maioria dos incêndios. É muito importante que a população evite este tipo de prática”.

Somente do dia dez de janeiro até agora foram 130 incêndios em vegetação, como este que aconteceu em Camurugi.

O capitão ressaltou que com a estiagem prolongada a vegetação fica muito seca e a propagação do fogo é muito rápida. “Em questão de segundos o fogo se alastra rapidamente, por isso é muito importante evitar a qualquer custo queimar lixo e lavouras nesta época. Agora mesmo a nossa equipe está em Jabuticaba combatendo um incêndio em vegetação”.

Págio lembrou ainda que que colocar fogo em terrenos baldios é proibido pela legislação municipal e no interior, apenas os agricultores com licença do Idaf podem fazer queimadas.

Além da destruição causada pelo fogo, a fumaça também prejudica muito a vida da população, principalmente na questão da saúde de crianças e idosos, além de atrapalhar o trânsito e podendo até causar acidentes.

 

Deixe seu comentário

Comments are closed.