O sindicato da Industria da Construção Civil de Guarapari (Sindicig) já tem novo presidente. Foi reconduzido ao cargo na manhã de hoje (12), o empresário Fernando Otávio Campos Silva. A Cerimônia de posse, que aconteceu no Guará Centro de Eventos, contou com membros do sindicato, da sociedade civil e diversas autoridades.

Foi reconduzido ao cargo na manhã de hoje (12), o empresário Fernando Otávio Campos Silva. Foto: Rafaela Patrício.

Para Fernando que está em seu quarto mandato, o importante é a união do Sindicig. “A importância do sindicato não é a continuidade do meu trabalho, mas sim da associação, do associativismo. O sindicato é forte, é um nome de referência na região com todos os seus associados e seus mais de mil e seiscentos trabalhadores”, disse.

Ainda segundo Fernando, o crescimento de Guarapari passa pelo fortalecimento do turismo. “Um desafio enorme para Guarapari é que nossa cidade tem que recuperar sua identidade que é o turismo. A nossa fonte de demanda por imóveis é do turismo. 70% do que a gente vende é para quem conheceu Guarapari, seja no fim de semana, seja no feriado.  E com a radioatividade a gente ganha mais um elemento. A gente ganha longevidade, ganha investimento em saúde. Então Guarapari precisa recuperar sua identidade de turismo, de cidade saúde, que aí a gente vai construir demanda para a construção civil gerar emprego e renda. Isso é fundamental”, disse ele.

Presente o evento, o presidente da Câmara, Wendel Lima (PTB), parabenizou o Sindicig. “Quero destacar a importância do Sindicig para Guarapari como maior gerador de empregos da nossa cidade, e dessa forma conduz a economia de nossa cidade, trazendo as grandes oportunidades. Tenho certeza que esse segmento vai trazer ainda muito mais orgulho para os munícipes de Guarapari”

Membros da nova diretoria do Sindicig para o biênio 2018/2020. Foto: Roberta Bourguignon.

Presente ao evento, o ex-governador Renato Casagrande ressaltou a importância do sindicato. “Quando faltam investimentos do governo, a Construção Civil também sofre as consequências da ausência de investimentos em mobilidade, infraestrutura e segurança, por exemplo. Quando você tem esses investimentos, você melhora o turismo e melhora a atividade da construção civil. Tem uma ligação muito forte das atividades da administração pública com o setor da construção civil”, disse.

Deixe seu comentário

Comments are closed.