Após sete meses visitando os 15 municípios da Arquidiocese de Vitória, a imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida foi levada de volta para Aparecida, no estado de São Paulo neste final de semana. Na catedral, o Bispo Dom Luiz presidiu a Eucaristia na presença de mais de 2 mil capixabas que viajaram por cerca de 12 horas em 50 ônibus para participarem da missa de entrega.

padre manoel Para o padre Manoel David, que participou da missa de entrega o momento é único e abençoado. “A missa de entrega para nós é um momento de agradecer e firmar essa fé em Nossa Senhora Aparecida. É um momento único, porque 300 anos de aparição da imagem se tornou um marco para a igreja católica, com essa visita ilustre em nossa paróquia”.

No Espírito Santo, a despedida da imagem aconteceu no último sábado (23), quando os católicos se reuniram na Praia de Camburi para agradecer as bênçãos concedidas por Nossa Senhora, além de se despedir da Mãe Aparecida.

Aparição. Em 1717, três pescadores saíram para pescar em uma época escassa de peixes. Ao chegarem ao Porto Itaguaçu, no Rio Paraíba do Sul, em São Paulo, a primeira coisa que caiu em suas redes foi o corpo de uma imagem quebrada, na altura do pescoço. Num segundo lance de rede, pescaram a cabeça da mesma imagem. Juntando as duas partes viu-se que se tratava de uma imagem de Nossa Senhora da Conceição.

Após o encontro da imagem, a pesca de peixes foi farta e os pescadores intuíram a presença e ação de Deus naquele evento que chamaram de milagre. Por ter aparecido dessa forma, o povo a nomeou de “Aparecida”, nome consagrado pela devoção popular, chegando a ser proclamada Rainha, em 1904, e Padroeira do Brasil em 1930.