Com o intuito de atender à demanda feita pela população de Meaípe, em Guarapari, o deputado Enivaldo dos Anjos (PSD) decidiu protocolar um requerimento de informação destinado à Companhia Espírito-santense de Saneamento (Cesan) para que a empresa explique a utilização da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do bairro para localidades vizinhas.

De acordo com a presidente da Associação de Moradores de Meaípe, Marlene Celda, a capacidade da ETE já não suporta o número de ligações de esgoto atual e nenhuma obra de adequação foi feita no local para que passasse a receber, além do esgoto do bairro, as ligações vindas de bairros como Nova Guarapari, Bacutia e Peracanga.

“A estação é tão pequena que já não consegue tratar o esgoto. O rio Meaípe, que corta o nosso bairro, já está hiper poluído. Quando a estação passar a receber os 60% de esgoto vindo da Enseada Azul, não vai aguentar”, afirma Marlene que também tem buscado apoio junto à secretaria de Meio Ambiente e à procuradoria do município.

Ainda de acordo com a presidente da associação, existe a previsão de que seja construída uma nova ETE que atenderia aos bairros da Enseada Azul. A futura estação, prevista para entrar em funcionamento apenas no ano de 2019, ficaria instalada no bairro de Condados de Meaípe. “É estranho porque todas as construções da Enseada Azul hoje contam com sumidouros. Por que não manter os prédios funcionando dessa forma até que a nova estação fique pronta? E no verão, quando nossa população chega a duplicar, como vai ser isso?”, questiona a presidente.

Diante dos questionamentos feitos pelos moradores, a Cesan anunciou uma visita técnica para o bairro na manhã da próxima segunda-feira (28). A associação de moradores deverá cobrar explicações sobre como a estação de tratamento passará a suportar um número maior de moradores do que já tem dificuldade para atender.

Comments are closed.