Após 22 dias acampados na frente do 10º Batalhão da Polícia Militar, familiares dos policiais militares deixaram o local na tarde desta sexta-feira (23).

Mais de 15 viaturas saíram do 10º Batalhão na tarde de hoje.

Na saída, as mulheres divulgaram um documento que explicam que o movimento não está sendo encerrado, mas sim paralisado para que haja policiamento durante o período de carnaval.

Mulheres sensibilizadas com a população dão voto de confiança ao governador.

“Não estamos encerrando, mas sim, parando para uma nova oportunidade. É a credibilidade do comando do décimo batalhão (10ºBPM), Tenente Coronel Pessanha e em respeito a todos os militares durante todos esses dias, demonstrando sempre respeito, consideração e equilíbrio que isso nos motiva a querer mostrar ao cidadão de bem de Guarapari, que somos civilizados, organizados e pensamos sim no bem da sociedade, e sabemos que neste período de carnaval, onde devido ao fluxo de pessoas e com a ausência da PMES, mais vidas poderão ser ceifadas. Justas por agora entendermos que é grande a lacuna deixada na segurança deste Estado a não presença da PMES é que estamos, hoje dia 24/02/2017, após diálogo com o Comando deste Batalhão, liberamos os portões do Décimo Batalhão”.

No documento os familiares afirmam ainda que a decisão está sendo tomada também em confiança na palavra do Governador. “Confiante na palavra e compromisso do senhor Governador do Estado Paulo Hartung quando disse: “Só abrirei negociação após a saída das mulheres e familiares da porta dos batalhões”.

Eles ainda pedem o apoio da sociedade para cobrar ao governador o cumprimento de sua parte nas negociações. “Conclamamos a sociedade civil organizada, comerciantes, políticos, igreja, demais cidadãos solidários a nossa causa e a todos os militares, do soldado ao coronel, que nos ajude a cobrar do governo para que cumpra também a sua parte, que é o estudo sobre as reposições salariais e nos devolva as constitucionais melhorias nas condições de trabalho”.

E finalizam se desculpando com a sociedade. “Desculpe-nos pelos transtornos causados, mas sabemos que toda guerra deixa seus feridos, mas infelizmente, ela deixa também alguns mortos. Deus conforte as famílias dos nossos irmãos camaradas que ficaram pelo meio da batalha, que Deus os tenha em um ótimo lugar”.

Veja no vídeo o momento em que as viaturas saíram do 10º Batalhão.

Deixe seu comentário

Comments are closed.