A Polícia Federal deflagrou nesta madrugada (08), a Operação AMPARO, com o objetivo de combater a disseminação de pornografia infantil na internet. A investigação teve origem na Delegacia de Defesa Institucional, com base em informações fornecidas pela ICE, Agência dos Estados Unidos, dentre outras fontes.

pedofilia22Foram cumpridos 01 Mandado de Prisão Preventiva e 07 mandados de busca e apreensão nos municípios de Vitória, Cariacica, Serra e Colatina. Trata-se da primeira operação da Polícia Federal acerca da matéria no Estado em que fora expedido mandado de prisão preventiva, haja vista que em dois dos casos investigados foi descoberta a prática do delito na modalidade de extorsão sexual.

Nesse contexto de extorsão, dois investigados, utilizando-se de perfis falsos, conseguiam fotos íntimas de criança e adolescente utilizando-as para coagi-las e obterem mais vídeos e fotos, sob pena de divulgarem na internet. Já os demais investigados procederam à difusão de fotos e imagens com este conteúdo, através das redes sociais.Pedofilia

O preso e os demais investigados no país responderão pelos crimes de posse, compartilhamento de pornografia infantil, todos previstos na Lei 8.069/90, cujas penas variam de 2 a 8 anos de reclusão, (Art.241-A e art.241-B).

Deixe seu comentário