Em uma operação conjunta entre policiais civis da Delegacia de Crimes Contra a Vida de Cachoeiro (DCCV) e de Piúma, e com apoio de policiais da Delegacia de Infrações Penais e Outras (DIPO), foi preso na manhã desta terça-feira (05), um menor de 17 anos, que tinha um mandado de busca e apreensão em aberto expedido pelo juiz de Piúma, Dr. Joaquim Ricardo Camatta Moreira. Segundo a Polícia Civil, o adolescente faz parte de uma gangue armada que está em guerra no bairro Monte Cristo em Cachoeiro de Itapemirim, com um grupo rival pelo controle de vendas de entorpecentes na região. Desse confronto, houve várias tentativas e foram mortos seis homens, além de outros que ocorreram em bairros vizinhos e estão em fase de investigação.

Caso PC
O menor detido foi transferido para o Instituto de Atendimento Sócio Educativo do Espírito Santo.

De acordo com o Delegado, em consequência do número elevado de mortes, a polícia vem intensificando as ações no bairro Monte Cristo e bairros vizinhos, realizando um número alto de prisões de parte dos integrantes dos dois grupos rivais, além de apreensões de armas de fogo e entorpecentes.

Ainda segundo o delegado, todos os homicídios ocorridos nessa região foram desvendados e todos os autores presos, com exceção de alguns que estão com mandados em aberto e estão foragidos.

Segundo as investigações, o adolescente, juntamente com outras pessoas matou com um tiro na cabeça Pablo Ferreira Carvalho. Outro participante desse crime está com mandado de prisão em aberto e se encontra foragido, trata-se de Diones da Silva, vulgo “Dioninha”. A PC pede que a população ajude denunciando o tráfico nesses bairros e o paradeiro de Diones, ligando para o disque denúncia 181. O menor detido foi transferido para o Instituto de Atendimento Sócio Educativo do Espírito Santo.

Com informações: Via ES e Polícia Civil

Deixe seu comentário