Em entrevista à rádio CBN Vitória, nesta terça feira (16), o prefeito de Guarapari, Orly Gomes explicou que pensa em medidas para qualificar o turismo na cidade no ano de 2015. Segundo ele, é muito mais importante turistas com maior poder aquisitivo.

Ele pretende tomar medidas como a cobrança de taxa para ônibus de turismo, limitação de pessoas em casas de veraneio, bem como cobrança de impostos serão aplicadas para coibir os turistas que não podem gastar em visita à Guarapari. “Seria melhor ter 100 mil turistas com melhor poder aquisitivo. Que frequentassem restaurantes, bares e ocupassem hotéis, que gerassem renda para a cidade, que gastassem R$ 200 por dia”.

Segundo o prefeito, mais de 1 milhão de visitantes passam pela cidade entre o feriado de Natal e Carnaval do próximo ano. E a maior parte deles são veranistas que acabam não consumindo na cidade. “Os turistas de veraneio vem com tudo no carro ou no ônibus, trazem botijão de gás e até macarrão. Precisamos de pessoas que venham com dinheiro para gastar, e assim, justificar os investimentos na cidade”, ressaltou o prefeito.

http://youtu.be/Z_qQ_LeC5k0

Para a proprietária de pousada Fátima Fonseca, a normatização das casas de veraneio é um pedido antigo da rede hoteleira. “Desde 2008 nós lutamos junto a prefeitura para normatizar as casas de aluguéis da cidade, visto que pagamos impostos, e precisamos de alvarás para manter o estabelecimento aberto”, explica Fátima.

“Vamos construir uma cidade normatizada, criando um ambiente favorável para que os investidores montem seus negócios na área do turismo. Vamos melhorar a infraestrutura da cidade. Nossa esperança é que, no futuro, Guarapari não seja apenas veranista, mas com quantidade boa de turistas durante todo o ano”, finalizou o prefeito.

Comments are closed.