Os pais da menina Emily, que morreu atropelada na noite de sexta-feira, fizeram novo protesto na Rodovia do Sol, em Guarapari na noite de segunda-feira. Desta vez, eles tentaram fechar a praça do pedágio.

A mãe da criança estava muito alterada e chegou a danificar dois carros que estavam parados na praça do pedágio da Rodosol. Em um carro, ela arrancou os dois limpadores de para-brisa e em outro veículo ela quebrou o retrovisor.

 

Os pais da criança protestaram na praça do pedágio na Rodovia do Sol: Foto João Thomazelli/Portal 27
Os pais da criança protestaram na praça do pedágio na Rodovia do Sol: Foto João Thomazelli/Portal 27

Funcionários do pedágio conseguiram controlar a mulher. O pai da menina também estava no local e bloqueou a passagem em uma das cancelas. O protesto aconteceu por volta das 19 horas.

Combinadas2
A mãe da criança danificou dois carros que estavam passando pelo pedágio. Foto: João Thomazelli/Portal 27

 

Momentos depois, um grupo de moradores do Bairro Village do Sol, onde a vítima morava, bloquearam uma pista da Rodovia do Sol no sentido Vila Velha – Guarapari. Na manhã de hoje eles fizeram novo protesto. Com cartazes nas mãos, eles pediam justiça pela morte da criança e melhorais na rodovia nas entradas do bairro.

Em frente às duas entradas do bairro existem abrigos nos pontos de ônibus, mas não há iluminação e à noite a escuridão é completa. Foi em um destes pontos que a menina foi atropelada.

Moradores do Bairro Village do Sol protestaram na noite de ontem e na manhã de hoje. Foto: JOão Thomazelli/Portal 27
Moradores do Bairro Village do Sol protestaram na noite de ontem e na manhã de hoje. Foto: JOão Thomazelli/Portal 27

Eles querem que sejam colocadas placas de sinalização e redutores de velocidade, além de iluminação nos postes, para que os carros que passem naquele trecho diminuam a velocidade. Eles afirmam que o carro que matou a pequena Emilly estava a 140 km/h e a atingiu no acostamento.

Sobre a sinalização no trecho, a Associação de Amigos da Praia do Sol já recebeu uma resposta positiva sobre a colocação de placas informando sobre o perímetro urbano no trecho que compreende as entradas do bairro.

A Prefeitura de Guarapari informou que: “A via é uma rodovia estadual e privatizada pela Rodosol, de toda forma, representante da Codeg – via setor de iluminação pública de Guarapari – irá ao local ainda hoje para verificar a real situação da via”, declarou em nota.

Deixe seu comentário