Um homem de 32 anos foi preso no final da tarde desta quarta feira (16) por estar aliciando uma criança de oito anos de idade através do facebook.

A conversa que durou dois dias, começou por meio da rede social na terça feira (15), e se estendeu até quarta. “O homem começou uma conversa carinhosa, chamando a garota de princesa. Como ela não deu assunto, ele começou a dizer que só estava querendo ser amigo dela, e a partir desse comentário, a conversa começou”, explica o delegado de plantão.

Ele conhecia os pais da menina, e isso facilitou a interação entre os dois. Ele falava que já a conhecia e que podiam se aproximar, já que moram no mesmo bairro da cidade.

Houve um momento em que ele pediu para que ela apagasse as mensagens. “Depois você apaga as mensagens, para sua mãe não ver e achar que estou dando em cima de você”, disse ele, através de mensagens no facebook.

20140416_203604Após o horário do almoço de ontem (16), o homem começou a fazer o pedido de fotos. Ele pediu fotos da garota. E ela enviou a foto do rosto dela. Já ele disse que tinha uma foto muito boa para enviar, e acabou enviando a foto do órgão sexual para a menina de oito anos, e ainda perguntou se gostou.

A avó e a mãe da criança tiveram conhecimento da conversa e foram ao DPJ registrar ocorrência. O homem foi preso imediatamente pela Polícia Civil e ouvido pelo delegado. “Ele confessou que enviou a foto do seu órgão sexual ereto, através da rede social, e depois disse ter perguntado a menina se ela gostou, só de brincadeira”, conta o delegado sobre o depoimento do pedófilo.

O delegado acredita que ele não queria nada pessoal com a menina, já que moram no mesmo bairro e conhece os pais da menina. “Eu acredito que esse seja um tarado de internet. Do tipo que envia fotos pornográficas, esperando receber fotos obscenas dessas meninas”, contou o delegado.

20140416_203703O pedófilo de 32 anos foi autuado pela Lei Nº 8.06 9/90, do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), até 12 anos. No artigo 241 – D, fotografar ou publicar cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente.

Diante dos fatos, o delegado aplicou fiança de 10 salários mínimos, que procedeu no valor de R$7.240,00. O homem pagou a fiança no final da noite e foi liberado.

O crime requer sigilo. Pelo retrato de uma criança de apenas oito anos e um homem de 32 anos que pode ser agredido. “A identidade não pode ser divulgada para que ele não seja linchado na cidade”, explicou o delegado.

Deixe seu comentário