Logo depois da tentativa de homicídio no bairro Santa Mônica na tarde desta quinta-feira (07), a polícia conseguiu pegar o autor dos disparos. De acordo com a Polícia Civil, este é mais um episódio da guerra do tráfico de drogas na região.

Para azar do suspeito, identificado como Cristiano Fink dos Reis, 39 anos, um policial civil passou poucos minutos depois da tentativa e conseguiu pegar com a vítima as características do atirador.

Cristiano foi preso logo depois de tentar matar um adolescente em Santa Mônica.

Logo depois guarnições da Força Tática chegaram ao local e identificaram o suspeito escondido a poucas ruas de distância. Com ele os policiais encontraram um revólver calibre 38 com quatro munições deflagradas. O suspeito foi encaminhado para a delegacia de Guarapari.

Guerra do Tráfico

O novo titular da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Franco Malini, disse em entrevista ao Portal 27 que a guerra do tráfico na região de Santa Mônica, Pontal de Santa Mônica e bairro Una é marcada por vários homicídios.

“Os moradores de Santa Mônica e região são reféns desses bandidos que estão em guerra há algum tempo pelo domínio do tráfico. Nós já identificamos os dois líderes dos grupos rivais e estamos em busca deles”, disse o delegado.

William e Maicon são apontados pela DHPP como os dois chefes das quadrilhas que disputam o controle do tráfico em Santa Mônica.

Malini explicou ainda que mesmo que os dois líderes não tenham efetivamente participado dos homicídios e tentativas de homicídios na região, eles serão responsabilizados pelos crimes, juntamente com os autores.

O delegado disse que os dois suspeitos de chefiar as quadrilhas que estão em guerra são: Willian Zanoli, o Willian do Mangue, 34 anos, e Maicon da Silva Miguel, o Chatuba, 29 anos. Ambos são foragidos do sistema prisional. Willian cumpria pena por homicídio, porte de arma de fogo e tráfico de drogas. Já Chatuba cumpria pena por porte de arma de fogo e tráfico de drogas.

Se alguém tiver alguma informação que leve à localização dos dois suspeitos pode fazer a denúncia através do Disque Denúncia 181. A ligação é anônima.

Comments are closed.