Um homem foi conduzido a Delegacia de Guarapari, por estar dirigindo embriagado nas ruas da cidade, durante a madrugada deste Domingo (26). O empresário fazia zig zag na pista, subiu em um canteiro e quase atingiu um carro que estava parado no sinal. Um policial militar presenciou a situação e o retirou do carro.

IMG-20141026-WA0004
Empresário Roberto Alves dos Santos, 47 anos, fazendo zig zag na pista. Foto: Marcelo Silva/Portal27

O fato aconteceu por volta de 00h30, quando o Soldado Porto flagrou, na Avenida Praiana, no bairro Praia do Morro, o empresário Roberto Alves dos Santos, 47 anos, fazendo zig zag na pista. Ele passou aos policiais de plantão, as características do carro e o seguiu até a Praça Philomeno Pereira Ribeiro (Itapemirim).

Durante o trajeto, Roberto ainda subiu em uma calçada e dirigiu na contramão. O militar desceu do carro e o impediu de dirigir. Roberto disse que estava envergonhado da situação que ele causou, pediu desculpas aos policiais e alegou que estava apenas indo para a sua residência. “Eu bebi algumas cervejas, mas não fiz por mal. Eu estou envergonhado do que eu fiz. Sou um péssimo exemplo para os meus funcionários”, relatou o condutor.

Segundo a polícia de trânsito, o empresário não tinha habilitação e já foi conduzido outras vezes a Delegacia, pelo mesmo motivo. Porto, que estava à paisana, só parou, porque ficou com receio de que algo pior pudesse acontecer. “Eu estava atrás dele. As pessoas passavam por mim e sinalizavam dizendo que o motorista estava dormindo ao volante, em frente ao sinal, ocupando as duas faixas de transição de veículos. Parei, porque achei que era meu dever impedir que algo pior pudesse acontecer”, contou.

O empresário que dirigia uma Ford Ranger prata, de uma empresa de locação de veículos, foi autuado por direção perigosa e por estar sem habilitação. Uma fiança de R$ 1.500 mil reais, foi estipulada pelo delegado de plantão.​