O Portal 27 Comunidades recebeu a denúncia de uma moradora do Adalberto Simão Nader, que pediu para não ser identificada, de que o antigo posto da Polícia Militar do bairro está funcionando como depósito de dengue e de drogas.

O prédio onde funcionava o posto da PM no bairro está completamente depredado.

No vídeo enviado por ela é possível se ter uma noção do desperdício do patrimônio público. O antigo posto da PM está pichado por fora e completamente destruído por dentro. Até o teto está quebrado e o lixo acumulado oferece risco para a população.

Há um tempo atrás o pessoal quebrou o telhado lá para esconder drogas porque como tem grade em volta não tinha como eles entrarem. Agora a água cai toda lá dentro e a comunidade também não ajuda e joga lixo aí acaba acontecendo os focos de dengue e o posto de saúde fica praticamente em frente. Nunca vi nenhum agente da dengue ali”, disse um morador que também não quis ser identificado.

Ele contou que o local está abandonado faz muito tempo e que a comunidade chegou a pedir a reativação do posto. “Há mais dez anos o posto não funciona mais. Faz falta porque quando tem polícia no bairro é sempre bom. A gente até chegou a correr atrás da polícia para ver se tinha condições de voltar, mas eles falaram que não tem condições mais de colocar polícia ali direto”.

Veja o vídeo que mostra como está a situação do antigo posto da PM no bairro:

O morador também pediu para que o prédio seja demolido. “Aquilo serve para muita coisa errada. Tanto para quem quer usar drogas como se esconder da polícia. Para tudo de ruim serve aquilo ali. Acho que aquilo deveria ser derrubado porque não serve para mais nada”.

Ele ainda sugeriu a que no lugar do antigo posto seja construída uma área de lazer para a comunidade. “O pessoal queria fazer uma capela, mas ali são três cômodos e uma capela teria que ser um vão aberto então não tem como, teria que derrubar e fazer outra. Na minha opinião, acho que deveriam derrubar e fazer uma pracinha com uma iluminação boa porque aquilo ali é uma escuridão danada”.

O Portal 27 procurou a prefeitura para saber se o local pertence ao município e se existe previsão de quando será realizada uma limpeza no espaço para acabar com os focos de dengue e foi informado que “A Secretaria Municipal de Obras públicas vai enviar uma equipe até o local até a próxima quarta-feira (05) para verificar a situação estrutural do imóvel. Quanto a situação dos focos de dengue, a Secretaria Municipal de Saúde, através do Centro de Controle de Zoonoses, informa que uma equipe de agentes de endemias fará ainda nesta semana uma ação de controle na região e o imóvel em questão passará por esta vistoria”.  

Nossa reportagem também procurou a Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp) para saber se a Polícia Militar pretende reativar o posto e quais medidas a PM vai tomar para coibir o uso do local como esconderijo de drogas e recebeu a seguinte resposta: O comando do 10° Batalhão informa que irá intensificar o policiamento ao entorno do Posto desativado, com o intuito de inibir a ação de criminosos. Vale ressaltar que o imóvel pertence ao município”. 

Deixe seu comentário

Comments are closed.