A prefeitura de Guarapari suspendeu o pedido de alvará de funcionamento do terminal rodoviário da Viação Alvorada, localizado no bairro Muquiçaba, e notificou a empresa a voltar a fazer embarques na nova rodoviária (Rodoshopping), localizado próximo a BR 101.

A notificação foi feita na tarde de ontem (6) pela secretaria municipal de fiscalização e deu prazo de cinco dias para que a empresa volte a operar com vendas de passagens no Rodoshopping.

A Alvora terá que voltar a vender passagens no Rodoshopping. Foto: João Thomazelli/Portal 27
A Alvora terá que voltar a vender passagens no Rodoshopping. Foto: João Thomazelli/Portal 27

As Viações Alvorada voltaram a usar o antigo terminal da Alvorada depois que os proprietários do Rodoshopping anunciaram o fechamento do local, em virtude do não cumprimento do contrato entre os administradores e a prefeitura. Com a rodoviária fechada, os embarques e desembarques estavam sendo feitos na frente do imóvel.

A Alvorada voltou a operar no antigo terminal depois que o rodoshopping (foto) ficou fechado por alguns dias. Foto: divulgação
A Alvorada voltou a operar no antigo terminal depois que o rodoshopping (foto) ficou fechado por alguns dias. Foto: divulgação

As empresas então, voltaram a operar no antigo terminal. Como o alvará de funcionamento estava vencido, elas entraram com um processo para a renovação, mas desde que o Rodoshopping reabriu (confira aqui), as empresas deveriam voltar a operar no local. A secretaria de fiscalização argumentou que como não há mais impedimentos para que as empresas voltem a operar na nova rodoviária, suspendeu a análise do pedido de alvará para o terminal de Muquiçaba.

Notificação. A empresa que administra a rodoviária solicitou a prefeitura que se cumpra o decreto 428, que obriga que os ônibus intermunicipais façam o embarque e desembarque exclusivo na rodoviária ou nos pontos liberados que são em Setiba ou Meaípe. Sobre a o pedido da administração da rodoviária, a prefeitura informou que a Procuradoria está analisando.

Comments are closed.