A votação do orçamento 2019 tem um novo capítulo em Guarapari. A prefeitura entrou na justiça contra a votação que estabeleceu apenas 5% de suplementação orçamentária para o prefeito movimentar os recursos; e agora a Câmara vai ter que dar explicações a justiça.

Por dez votos a seis, a Câmara de Vereadores de Guarapari derrubou o veto da prefeitura ao orçamento de 2019.. Foto: João Thomazelli/Portal 27

O Portal 27 apurou que a notificação chegou na sexta feira (16) à Câmara, após a procuradoria da prefeitura acionar a justiça com relação votação do orçamento que aconteceu no último dia 28 . Nessa sessão ficou aprovado que a movimentação seria de apenas 5% dentro do orçamento, que está estipulado em cerca de R$ 396 milhões para o ano de 2019.

Judicial. Esses 5% possibilitam ao prefeito realocar/movimentar cerca de R$ 20 Milhões dentro das secretarias. O prefeito disse que com esses 5% é impossível trabalhar e pediu 30%. Como não conseguiu, acionou a procuradoria do municipio que foi para a justiça e agora o orçamento deve virar uma disputa judicial entre executivo e legislativo.

Resposta. Procuramos a assessoria da Câmara para que ela nos desse um posicionamento sobre o assunto e fomos informados que “A Câmara Municipal de Guarapari informa que realmente recebeu a notificação e que vai apresentar sua justificativa dentro do prazo determinado pela justiça”. 

Deixe seu comentário

Comments are closed.