Na manhã desta quarta-feira (18), a prefeitura reuniu os artistas locais e regionais par a apresenta-los à imprensa. Neste ano serão mais de 20 músicos de Guarapari e região, que juntos com artistas nacionais, vão movimentar o evento. O Secretário de Cultura, Edgar Belhe, fala que essa é uma maneira de valorizar o artista local.

Os artistas locais e regionais se reuniram em um evento de apresentação à imprensa nesta manhã (18). Foto: Cecília Rodrigues.

“Serão 5 artistas nacionais. Artistas locais e regionais serão mais de 20, ou seja, nós procuramos atender uma grande demanda do público local, isso é muito importante, nós temos que fomentar a cultura, a gastronomia e música local. Vamos formatando novos projetos par cada vez mais ampliar a participação dos artistas locais. A esquina da Cultura do ano passado já mostrou que nós temos artistas de qualidade, esse ano nós aumentamos a participação para comprovar que nós temos uma grande qualidade”, disse o secretário.

O secretário fala que, neste ano, a expectativa de público pode dobrar em relação ao no anterior. “No ano passado tivemos cerca de 17 a 18 mil pessoas nos 4 dias. Esse ano a expectativa é entre 8 a 10 mil pessoas por dia. A procura está sendo muito grande, está sendo feito uma divulgação muito intensa em Vitória, Vila Velha, no Estado como um todo, em Minas Gerais foi feita divulgação, então as pessoas já vão chegando sabendo que tem esse evento”, ressalta.

O secretário de Turismo, Edgar Belhe, está confiante para a 2ª edição da Esquina da Cultura. Foto: Cecília Rodrigues.

Edgar diz que já notou uma melhora no movimento da cidade. “A cidade já deu uma melhorada, uma aquecida, nos hotéis a ocupação já começou a melhorar. A expectativa para o evento é muito grande, você já imaginou ter 10 mil circulando na cidade, pensando nisso nós ampliamos o espaço, colocamos uma quadra a mais na Joaquim da Silva Lima. Nós vamos ter um palco perto do Radium Hotel, outro palco no extremo próximo ao Bradesco e central próximo ao Banestes”, fala.

Neste ano a Esquina da Cultura terá uma novidade para agregar ao evento. “Vamos ter uma lounge suspensa, da qual nós fizemos uma licitação, abrimos para o público em geral, e quem venceu foi uma pessoa de Guarapari e a gente fica muito feliz. Como houve a licitação e ela é de concessão onerosa, a pessoa vai pagar por aquele espaço então vai haver a comercialização, o restante todo é gratuito. Vão ter mesas, cadeiras, ombrelones, o espeço é voltado para o povo. E até mesmo os restaurantes estão colocando as mesas na rua, que poderão ser usadas sem a obrigatoriedade de consumo. O comércio está colaborando com o evento”, conta.

Além de muita música, o secretário fala ainda que a diversidade gastronômica vai maracar esta edição da Esquina da Cultura. “Serão o total de 37 foodtrucks e bikefoods e como a Esquina da Cultura tem a temática da diversidade cultural, a gente procurou ter uma diversidade gastronômica, comida mexicana, comida alemã, italiana, japonesa, árabe, portuguesa, espanhola”, conclui o secretário de turismo.

A Esquina da cultura acontece nesta sexta (20) e sábado (21) e também na próxima semana, nos dia 27 e 28.

Deixe seu comentário