Noite de homicídios em Guarapari. Três pessoas foram assassinadas na quarta feira (4). Ainda houve duas tentativas de assassinato e uma tentativa de roubo no centro da cidade.

Acerto de contas no Kubitschek deixa uma pessoa morta

Por volta das 21h00 da noite desta quarta-feira (4) um jovem de 20 anos foi encontrado morto, atrás de um veículo na Rua Goiás, do bairro Kubitschek. Adelino Reis Almeida Neto, foi assassinado brutalmente com dez tiros. Com ele, foi encontrado R$360,00 em espécie, o que confirma para a polícia, ser um acerto de contas do tráfico.

DSC05194
Moradores observam a vítima no bairro Kubitschek. Foto: Roberta Bourguignon.

A rua que estava deserta, ficou movimentada após os disparos. Segundo moradores, eles escutaram dois tiros e minutos depois foram disparados vários tiros em sequência. A rua ficou ainda mais silenciosa. Na hora do crime, acontecia um culto em uma casa ao lado, e foi quando os moradores saíram em busca de informações do que havia acontecido.

O jovem foi encontrado morto, ao lado do veículo que havia acabado de estacionar. A polícia acredita que o jovem correu para o lado do carro, buscando um lugar pra se esconder, mas foi baleado no local.

DSC05188
Tristeza: ao lado do corpo, família aguarda a perícia. Foto: Roberta Bourguignon.

Adelino era casado e deixa um filho. Segundo a família, ele tinha envolvimento com o tráfico de drogas na região. A polícia ainda confirmou que em nome dele constavam diversas passagens pela justiça, e ele estava em liberdade, através de um alvará de soltura. Não há suspeitos do crime.

Casal é alvo de tiros em Setiba

Enquanto a policia aguardava a perícia no bairro Kubitschek, por volta das 22h00, a Polícia Militar foi acionada para atender outra ocorrência de homicídio, desta vez na praia do camping em Setiba. Uma garota, menor de idade, estaria com seu companheiro próximo a uma pedra na região, quando foram alvejados por disparos de arma de fogo.

CAM01304[1]
Perícia encaminha-se para o local. Foto: Roberta Bourguignon.

A menor foi socorrida pelo próprio pai que a levou para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) no bairro Ipiranga. Lá ela recebeu os primeiros atendimentos e foi transferida para o Hospital Infantil de Vitória.

A vítima confirmou para a Polícia  que estava com o seu namorado na praia, e que ele teria sido atingido pelos disparos e caído na pedra. A PM realizou buscas no local, mas com a dificuldade de iluminação na região, nada foi encontrado.

CAM01327[1]
Peritos registram as perfurações do corpo da vítima. Foto: Roberta Bourguignon.

Na manhã desta quinta feira (5), o pai da suposta vítima foi informado de que talvez fosse seu filho, o jovem baleado na noite do dia anterior. O pai foi em busca de informações na praia, e por volta das 7h00, encontrou seu filho morto em cima da pedra. Rafael Nogueira de 20 anos, foi morto com três tiros.

 Evangélico é morto no bairro Coroado

A noite turbulenta de criminalidades na cidade saúde estava acelerada e os crimes continuavam. Na Rua Atílio Vivácqua do bairro Coroado, um homem identificado como Fabrício Bruscki, de 32 anos, foi morto a tiros. Era por volta das 23h00, quando os moradores ouviram disparos na rua e foram correndo para ver o que tinha acontecido.

DSC05199
Após o crime, carro do DML leva a vítima. Em destaque, o local onde o corpo foi encontrado. Foto: Roberta Bourguignon.

Foram três tiros que acabaram com a vida do rapaz, que a poucos dias havia começado a frequentar uma igreja evangélica do bairro. De acordo com a polícia, Fabrício já tinha passagem por participação em um homicídio que ocorreu em Vitória.

Moradores contaram à polícia que viram um rapaz de camisa xadrez, correndo e disparando tiros em direção a Fabrício. No local, a polícia não encontrou o autor do crime. O caso será investigado.

Tentativa de homicídio no Aeroporto

E a noite continuava violente. Minutos depois, na Rua Alcides Rangel, do bairro Aeroporto, um jovem foi baleado no peito, quando tentava separar uma briga do seu irmão com outro rapaz. Leonardo Murari, de 22 anos foi imediatamente socorrido pela equipe do SAMU e encaminhado para o Hospital Antônio Bezerra de Farias, em Vila Velha.

A história. Tudo começou quando todos estavam em um bar próximo ao campo do Aliança, quando um indivíduo, identificado como Alexandre, foi cobrar uma dívida, que segundo a polícia, era de droga ao irmão de Leonardo, (identificado como Fábio). Os dois entraram em conflito e foram embora.

Alexandre voltou à casa dos irmãos e tentou levar uma bicicleta de um de seus sobrinhos. Nesse momento, aconteceu outro desentendimento, Alexandre ameaçou Fábio de morte.

Alexandre voltou armado e disparou duas vezes contra os irmãos. Um dos tiros atingiu Leonardo. A polícia prendeu um rapaz, suspeito de estar junto com Alexandre na hora do crime. Ele foi ouvido durante a madrugada desta quinta-feira (5).

Tentativa de furto em loja no Centro de Guarapari

E a noite continuou movimentada na Cidade, uma tentativa de furto a uma loja das Óticas Guarapari no Centro da Cidade, acabou com dois jovens detidos pela Polícia Militar.

Tudo começou quando um jovem disparou uma pedra em direção ao vidro da loja para furtar os produtos. Nesse momento, uma viatura que fazia ronda pela localidade, avistou os indivíduos e conseguiu detê-los. Um terceiro rapaz que parecia estar dando suporte aos jovens, conseguiu fugir pulando no canal.

Por Vinícius Rangel, Wilcler Lopes e Roberta Bourguignon.

Deixe seu comentário

Comments are closed.