A senadora Rose de Freitas (PODE-ES) se reuniu nesta sexta-feira (19) com o ministro da Educação, Abraham Weintraub, para tratar da liberação de R$ 9,4 milhões – no total – para a Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) e para o Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes).

Valor vai ajudar a quitar as despesas de julho das instituições; as de junho também tiveram o apoio de Rose, que conseguiu R$ 13 milhões para os centros de ensino

O valor é necessário para quitar as despesas dos centros de ensino referentes ao mês de julho. A Ufes e o Ifes já tinham recebido um montante do MEC – R$ 5 milhões e 4,5 milhões, respectivamente – para essas despesas. No entanto, o repasse não foi suficiente para pagar as contas e, por isso, foi necessária a articulação de Rose para liberar mais esses R$ 9,4 milhões – R$ 2,6 milhões vão para a Ufes e R$ 6,8 milhões para o Ifes.

No caso da Universidade Federal, o recurso será utilizado para quitar débitos de energia elétrica, apoio administrativo, coleta de resíduos, segurança, segurança de vídeo-monitoramento e mão de obra da cozinha industrial. Já o Instituto pagará aluguel, vigilância, limpeza, manutenção predial, motorista, combustível, energia elétrica, água, telefone, financiamento estudantil e programa de pesquisa.

Em junho, as universidades passaram pela mesma dificuldade. E Rose também ajudou: conseguiu R$ 13 milhões para as duas instituições.

Creches e escolas – Na reunião com o ministro, a senadora também cobrou o pagamento de recursos para a construção de creches e escolas em 19 municípios capixabas, do interior e da Grande Vitória.

Deixe seu comentário