Após críticas de vereadora de que o sistema não estava funcionando (reveja aqui), a prefeitura de Guarapari vai investir no sistema de vídeomonitoramento. De acordo com o município, através da Secretaria Municipal de Postura e Trânsito (Septran), estão sendo realizadas as manutenções das câmeras.

55. Segundo a prefeitura, até terça-feira (15), o município tinha 48 câmeras funcionando, e atualmente são 55 câmeras funcionando para atender a população de Guarapari. O retorno contou com apoio do Estado.

“Nossa cidade já possui 67% das câmeras ligadas por fibra óptica, um grande avanço. Guarapari e Cariacica são os únicos que já possuem câmeras ligadas por fibra. No início desse processo de mudança, nós tivemos muitas oscilações, mas agora, com o apoio de técnicos da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), o sistema está mais estável e muitas câmeras que estavam sem funcionar retornaram à atividade”, disse o supervisor da central de videomonitoramento, Henrique Barros.

Até terça-feira (15), o município tinha 48 câmeras funcionando, e atualmente são 55 câmeras funcionando para atender a população de Guarapari.

80 Câmeras. Ainda de acordo com a prefeitura, Guarapari possui 80 câmeras de videomonitoramento, mas 19% das câmeras estão totalmente quebradas por ações de vândalos.

“Em Guarapari, infelizmente, acontecem muitos casos de vandalismo, atualmente temos quase 15 câmeras depredadas. Algumas totalmente quebradas, sem possibilidade de conserto. Nós fazemos o registro de ocorrência, mas sabemos que essas câmeras coíbem a criminalidade e as pessoas destroem, justamente para cometer crimes e não serem filmados”, disse o secretário de Postura e Trânsito, Genilson Simões Neto.

Investimentos. Conforme a prefeitura, as outras 10 câmeras, que ainda não estão funcionando, irão passar por manutenção, nos próximos dias. Além da utilização de fibra óptica, o município estuda a possibilidade de abertura de uma ata de adesão, para compra de mais 25 câmeras de videomonitoramento e de outros acessórios pertinentes ao vídeo.

Com essa compra, se todo o sistema estiver em pleno funcionamento, com as 80 Câmeras e a compra de mais 25, a cidade pode ter ao todo, 105 Câmeras de vídeomonitoramento funcionando por toda a cidade.

Deixe seu comentário