Depois da concessão de um mandado de segurança, a vereadora Rosângela Loyola (PDT) retomou seus trabalhos na Câmara Municipal de Guarapari na tarde de hoje. Após ser parabenizada em função de seu retorno pelos vereadores Gilmar Pinheiro (PSDB), pela vereadora Paulina Aleixo (PP) e pela vereadora Kamilla Rocha (DEM), Rosângela obteve um espaço na fala de Kamilla para discursar.

A vereadora Rosângela Loyola (PDT) retomou seus trabalhos na Câmara Municipal de Guarapari na tarde de hoje

A plateia da Câmara ouviu atenta a fala da vereadora que afirmou trabalhar para a população e se desculpou com seus colegas. “Não estou aqui para me fazer de vítima, estou aqui para trabalhar em prol de Guarapari. Se ofendi alguém, peço desculpas, mas eu vim aqui para trabalhar assim como vocês”.

Ainda em sua fala, a vereadora afirmou que foi eleita pelo voto do povo e não depende de políticos da cidade. “Não tenho rabo prezo com o prefeito, não tenho cargo nessa casa de leis. Estou aqui do mesmo jeito que saí, de cabeça erguida. Quem me elegeu foram 1098 votos”.

Foi Deus. “Quando eu estava aqui eu disse pra Deus, que Ele sabe de todas as coisas: se fosse pra eu voltar, que eu voltasse. E graças a Deus eu voltei, peço desculpas a minha família pela dor que causei a eles”.

Rosângela reclamou da falta de parceria de seus colegas. “Me jogaram às pressas, ninguém me convidou para um diálogo, nenhum vereador me chamou, fizeram tudo escondido, nas minhas costas. Vocês acham isso certo? Estou aqui para trabalhar igual a vocês”.

Ao fim, a vereadora Rosângela agradeceu aos seus colegas que ficaram ao seu lado e foi ovacionada pela plateia que assistia a sessão da Casa de Leis. “Deixo um abraço pra Kamilla Rocha, Wendel Lima, Sandro Bigossi, Zé Preto, Dito Xaréu e um abraço a todos vocês, um grande abraço no coração de todos”, finalizou ao ser aplaudida.

Deixe seu comentário

Comments are closed.