Faltando cerca de dois meses para o carnaval 2020 em Guarapari, uma escola da cidade já desistiu de desfilar. A Mocidade Alegre de Olaria alegou que, com a demora da votação do projeto de lei na Câmara para liberar a verba para as escolas, não há condições de fazer o carnaval do ano que vem.

De acordo com Kamilla Simões, presidente da escola, o que está acontecendo é uma falta de respeito ao carnaval. “Fizeram só uma única reunião e ficaram de fazer outras para definir algumas questões do concurso do carnaval, o que não aconteceu. Faltavam vários outros detalhes para resolver e só mandaram o projeto para a Câmara no final de novembro”, explicou ela.

A Mocidade Alegre de Olaria alegou que, com a demora da votação do projeto de lei na Câmara para liberar a verba para as escolas, não há condições de fazer o carnaval do ano que vem.

Exigências. Ainda de acordo com a presidente, as primeiras parcelas de pagamentos  para a produção do carnaval,  ficaram definidas para acontecer no dia 10 de dezembro e a segunda em 10 de janeiro. “Mas pelo jeito já percebemos que não há previsão para ser votado o que inviabiliza a produção do carnaval. São muitas exigências e pouca contrapartida por parte do poder público. Falta organização e fica esse impasse entre Câmara e Município. Com isso as escolas ficam sem saber o que fazer”, disse.

Desfile no bairro. A direção garante que os ensaios continuam e que a Olaria vai desfilar no seu próprio bairro, culminando com uma festa no campo do América e não vai mais desfilar na avenida Joaquim da Silva Lima no centro da Cidade, ou participar do concurso promovido pela prefeitura.

Prefeitura. Procuramos a prefeitura para que ela se manifestasse sobre o assunto e ela nos respondeu que “O município não pode efetuar repasses a nenhuma entidade sem que haja aprovação de projeto de lei na Câmara Municipal.

Lamentavelmente, o poder legislativo do município tem esvaziado todas as últimas sessões, deixando de votar os projetos de interesse da população, como o orçamento municipal, a contratação de merendeiras para as escolas municipais, a verba para o carnaval, dentre outros.”

Câmara. O Portal 27 procurou também a Câmara que nos respondeu que “A Câmara Municipal de Guarapari informa que o referido projeto já está na pauta da sessão extraordinária do dia 23 e será apreciado pelos vereadores.

Vale ressaltar que em momento algum representares das escolas de samba procuraram a Câmara para falar sobre a importância do projeto. O único grupo que procurou a Casa de Leis para tratar da aprovação de projetos foi o dos servidores.

Aliás a Câmara que entrou em contato com alguns representantes de escolas de samba para apresentá-los ao Projeto de Lei.  A Câmara trabalha com responsabilidade e respeito.”