A Prefeitura de Guarapari realizou uma coletiva de imprensa na tarde desta sexta-feira, 20, para anunciar as regras que regulamentam o uso da orla das Praias do município. O Portal 27 registrou uma live de parte da coletiva que você confere em nossa página no Facebook.

Prefeitura convoca coletiva de imprensa para anunciar decreto com normatização do uso das orla das Praias de Guarapari. Foto: Rosimara Marinho.

Dentre as normativas está a delimitação de horário e área para a prática esportiva em 10 praias do município. Além de novo local de embarque e desembarque de lanchas, a instalação de coletores de resíduos do coco entre outros assuntos.

A coletiva contou com a presença do secretariado das pastas de Turismo, Administração, Postura e Trânsito, Esportes, Meio Ambiente e Agricultura, Comunicação e o Procurador Geral do município.

Segundo o procurador geral  de Guarapari, Américo Mignone, o objetivo do decreto é reunir as informações e normativas importantes em um único documento, para que se tenha transparência acesso e controle a essas informações.

“O estabelecimento deste decreto, não significa que outros pontos da legislação municipal podem deixar de ser cumpridos. A gente reuniu normas que já estão em vigor em um decreto, para dar mais transparência e conhecimento às pessoas e garantir que todos possam utilizar as praias do nosso município usufruindo dos seus direitos de maneira harmônica e segura”, disse Américo.

Explicou ainda que o decreto tem a vigência limitada ao período de verão seguindo até o dia 20 de março de 2020. O documento passa a valer a partir da data de publicação, o que deve ocorrer na próxima semana.

Praia do Morro está entre as praias que terá três pontos para prática esportiva. Foto: Rosimara Marinho.

Segundo a secretária de Turismo, Empreendedorismo e Cultura, Letícia Regina, a gestão das orlas de Guarapari é de responsabilidade do município.

“Desde maio deste ano que o município recebeu da Superintendência de Patrimônio da União –SPU a gestão das orlas, e o trabalho tem sido feito a várias mãos”, comentou.

Ambulantes com uniformes coloridos. A secretária explicou que no caso dos ambulantes, eles deverão trabalhar somente na praia para qual recebeu a licença.

“Os ambulantes regulares, eles têm uma licença para que possam fazer a exploração comercial nas orlas da praia. E terão o uniforme dividido por cor de acordo com cada praia. Por exemplo um ambulante de Santa Mônica não pode atuar em outra praia da cidade. Nosso intuito é o que está posto, possa ser realmente legitimado, cumprido pelas pessoas que tem concessão de ambulantes ou outras concessões qualquer”, esclareceu.

Acrescentou ainda, que a equipe de salvamento marítimo, os guarda-vidas, também irão contribuir com a fiscalização da orla.

Trinta novos agentes nas Praias. Na ocasião, os secretários citaram a abertura do processo de seleção para contratar 30 novos agentes de ordenamento de orla. Segundo eles, os agentes vão trabalhar em conjunto com os fiscais de postura atuando nas Praias de Guarapari.

Deixe seu comentário