A tarifa de embarque na rodoviária de Guarapari ficou mais cara. Os novos valores começaram a ser cobrados ontem. Quem vai viajar para outro estado, por exemplo, vai pagar R$ 2,50 a mais. A taxa do Interestadual passou de R$ 6,95 para R$ 9,45.

Os novos valores já começaram a ser cobrados.

Os novos valores vão de acordo com a distância. A taxa do intermunicipal até 50 km foi de R$ 1,40 para R$ 1,50. De 51 km até 90 km passou de R$ 2,30 para R$ 2,45, e o intermunicipal acima de 90 km foi de R$ 2,75 para R$ 2,95. 

O terminal rodoviário está sem energia a mais de um mês. A prefeitura autorizou o aumento por meio de decreto publicado na semana passada e disse que o reajuste vai ajudar a empresa a pagar a dívida com a EDP Escelsa, no valor aproximado de R$ 40 mil reais.

“Esse reajuste foi realizado conforme o que foi previsto no contrato e aconteceu através de uma solicitação da empresa Telavive, que informou sucessivos resultados insuficientes de receitas mensais que acabaram ocasionando o corte do fornecimento de energia no Rodoshopping e uma dívida da empresa com a EDP Escelsa de um valor aproximado de R$ 40 mil”, informou a prefeitura através de nota.

O impasse para o cumprimento do contrato, que exige o embarque e desembarque exclusivo na rodoviária, acontece desde que a rodoviária foi inaugurada, em setembro de 2015. A empresa responsável pela rodoviária calcula prejuízos por causa do impasse. 

Este ano, um decreto autorizando o embarque em quatro pontos fora da rodoviária chegou a ser publicado, mas devido a reclamação dos moradores, o acordo foi revogado juntamente com as empresas envolvidas, e novas formas de atender a demanda da população estão sendo estudadas.