De acordo com informações do Folha Vitória, a jovem a jovem Diana Maria de Jesus, de 15 anos, foi  morta por causa de fofocas. “O crime aconteceu em virtude de uma conversa de uma suposta traição uma conversa fiada de adolescentes. As jovens fizeram um comentário, houve uma ameaça e Diana acabou assassinada”, afirma o delegado Danilo Baihense.

Os dois suspeitos de terem executado com 13 tiros, identificados como Welington Rosa dos Anjos, de 20 anos, conhecido como “Monkey” e Paulo Henrique Lemos Ferreira, de 18, conhecido como “PH” foram detidos na noite da última segunda-feira (2), em Nova Venécia, na região Norte do Estado.

acusdos_de_terem_assassinado_jovem_de_15_anos_em_g__b4bc74d4b3
Welington Rosa dos Anjos e Paulo Henrique Lemos Ferreira, de 18, conhecido como “PH” foram detidos na noite da última segunda-feira (2), em Nova Venécia,

O Bahiense ressalta que a prisão dos foragidos só foi graças a colaboração de denuncias pelo 181. “Eles foram presos graças a colaboração da população. A polícia de Nova Venécia recebeu denúncias, foi até o local e propiciaram que os elementos fossem tirados de circulação”, diz.

Os foragidos estavam escondidos em uma casa na rua principal do bairro Aeroporto. Com eles foram encontrados quase R$ 2 mil e uma pequena quantidade de drogas. Welington e Paulo tinham mandados de prisão em aberto por roubo e homicídio. A polícia chegou até eles depois de receber uma denúncia anônima.

“No momento da detenção dele, eles deram o nome falso. A polícia fez a checagem e não havia nada contra os dois. Assim mesmo, foram conduzidos para a delegacia de Nova Venécia e os policiais entraram em contato com o Ciodes e passaram as características. Eles acabaram confessando o crime e assumiram quem eram de fato”, diz o delegado Danilo Bahiense.

Afamília já desconfiava que Welington, que era namorado de Diana, teria cometido o crime. A suspeita é que Paulo tenha ajudado na execução da garota.

Com informações da Folha Vitória.

Deixe seu comentário

Comments are closed.