Na manhã de sexta-feira (21), uma comitiva de autoridades do Governo do Estado e integrantes da bancada federal visitou as obras de ampliação do principal aeroporto do Espírito Santo, o Eurico de Aguiar Salles, em Vitória.

Eles conferiram, in loco, o andamento do cronograma, que está cerca de 40% já concluído e pago, no valor de R$ 180 milhões. A obra, que é de responsabilidade do Governo Federal, foi retomada em junho de 2015 e a previsão é de que seja entregue em setembro de 2017. O investimento total é de R$ 523,5 milhões.

visita_obras_aeroporto_foto_leonardo-duarte_secom_28
A obra, que é de responsabilidade do Governo Federal, foi retomada em junho de 2015 e a previsão é de que seja entregue em setembro de 2017.

Durante a visita, o governador relembrou que esteve no canteiro de obras há quatro meses e está monitorando periodicamente o desenvolvimento da modernização e ampliação do aeroporto. “Muita coisa evoluiu. A obra saltou de 500 para 700 funcionários contratados e estendeu o número de equipamentos. Também evoluiu a construção da pista, o terminal de passageiros que estava na fase de fundação e já subiu alguns pavimentos. O novo pátio das aeronaves, onde irão embarcar e desembarcar passageiros, também evoluiu bastante, assim como a área de estacionamento, que será três vezes maior que a atual”, esmiuçou.

visita_obras_aeroporto_foto_leonardo-duarte_secom-3
Uma comitiva de autoridades do Governo do Estado e integrantes da bancada federal visitou as obras de ampliação do aeroporto.

Apesar da boa evolução das obras, o governador destacou que, juntamente com a bancada federal e lideranças de diferentes seguimentos do Estado, está em contato permanente com Brasília para garantir a destinação dos recursos necessários para a conclusão da intervenção. “Eu [Governo do Estado], bancada federal e sociedade estamos unidos para manter a vinda dos recursos [federais] e, consequentemente, conclusão das obras para superar esse desafio que se tornou o aeroporto”, completou.

Passageiros. A estimativa é de que o novo aeroporto eleve a capacidade de transportar passageiros/ano de 3,3 milhões (hoje) para 8,4 milhões. A pista também ficará maior, passando de 1.750m (hoje) para 2.058m e, no futuro, será possível receber voos internacionais.

visita_obras_aeroporto_foto_leonardo_duarte_secom
Governo espera que até o final de 2017 os capixabas já estejam usufruindo dessa nova infraestrutura.

A expectativa do secretário de Estado de Desenvolvimento, José Eduardo Azevedo, é de que até o final de 2017 os capixabas já estejam usufruindo dessa nova infraestrutura. “O novo aeroporto irá melhorar o dinamismo econômico do Espírito Santo e a nossa integração com o resto do país e do mundo. Com a ampliação, tornaremos o transporte de passageiros e de cargas mais competitivo, contribuindo para a geração de emprego e de renda para os capixabas”, destacou.

Atualmente, cerca de 700 pessoas trabalham diretamente no empreendimento e outras mil pessoas de forma indireta, de acordo com a construtora responsável pelas obras. De acordo com o Consórcio JL, mais de 350 máquinas e equipamentos estão sendo usados nas atividades de terraplenagem, drenagem e obras civis e a quantidade de vagas de estacionamento do novo aeroporto será triplicada para 1,5 mil.

Comments are closed.