JB Padrão
Banner TOP

Tecnologia é aliada na volta à rotina das aulas e ajuda na compra do material escolar, organização de agenda e até com os estudos da temida matemática

O fim das férias escolares se aproxima e, com isso, os pais e alunos já começam a quebrar a cabeça para organizar a volta às aulas. É preciso montar o novo material escolar, retomar a rotina de sono e alimentação, organizar o conteúdo para a nova etapa de estudos e por aí vai.

Uma alternativa para facilitar a vida nesse finalzinho de férias e já colocar as coisas em ordem para o início das aulas é apostar na tecnologia. Já existem várias plataformas  que auxiliam pais e filhos nesse período.

Conheça 5 aplicativos que podem ajudar:

AppGuardian – rotina de uso do celular e tablets organizada

Durante as férias os pais costumam liberar o acesso ao celular para os filhos por mais tempo, seja para ver vídeos no YouTube, jogar online, assistir séries ou ficar nas redes sociais. No entanto, como a volta à rotina escolar já está batendo a porta, é ideal que os filhos regularizem a rotina digital. Para isso, o AppGuardian é indispensável, já que conecta pais e filhos por meio do controle parental. Ou seja, com a tecnologia é possível administrar o tempo das crianças no celular bem como organizar as rotinas do dia-a-dia em frente às telinhas.

Usando um único aplicativo, é possível localizar os filhos em tempo real; bloquear o acesso ao celular e/ou tablets; configurar bloqueio de aplicativos como jogos e redes sociais; ativar um tempo em família para todo mundo ficar conectado de forma offline; verificar quanto tempo os filhos passaram conectados, visualizar o histórico de aplicativos instalados e desinstalados, além de manter a conversa com as crianças mesmo que o celular esteja bloqueado por meio de um chat. Com suporte 100% em português e feito por pais e mães brasileiros, o AppGuardian é grátis e possui opção de upgrade para versões pagas com acesso ilimitado a todas as funcionalidades.

Disponível para Android (em breve para IoS)

http://bit.ly/appguardian2

Relax Melodies – ajuda a voltar à rotina de sono

Aplicativos que podem auxiliar na volta às aulas

Todo mundo sabe que nas férias as crianças e os adolescentes saem da rotina e acabam dormindo e acordando mais tarde. Porém com o início das aulas chegando é a hora de regular o sono da garotada e, para isso, a tecnologia também pode ajudar. O app Relax Melodies, por exemplo, conta com músicas e imagens que auxiliam o usuário no relaxamento. Basta usar o app na hora de colocar a criançada na cama e deixar que os sons e cenários os ajudem a pegar no sono. A ferramenta é bem prática e simples e permite ainda criar playlists e combinar imagens com as melodias.

Disponível para Android e IoS

http://ambianceapp.com/

GeoGebra – pegando firme na matemática

Ainda dá tempo de estudar no finalzinho das férias. Para os alunos que desejam aprender matemática de forma intuitiva e divertida, a dica é usar o app GeoGebra. A ferramenta – premiada em diversos países – promove o ensino da matemática por meio de lições de álgebra, geometria, e outros temas. No app é possível fazer construções geométricas, realizar equações e coordenadas, já que a ferramenta lida com variáveis para números, pontos, vetores e ainda integrada as funções. Além disso, o Geobra é ótimo para ajudar os alunos a resolver problemas matemáticos.

Disponível para Android e IoS

https://www.geogebra.org

Grabr – compre material escolar diretamente de outros países

Para quem deseja comprar aquela mochila super estilosa, lancheiras da moda ou cadernos e acessórios escolares bem legais que ainda estão disponíveis no Brasil (ou que são vendidos por aqui a preços elevados), uma dica é usar o Grabr – app de compartilhamento de bagagens que permite comprar itens direto do exterior mesmo sem viajar. Para quem deseja economizar nessa época do ano em que os gastos com IPTU, matrícula, IPVA acabam apertando o orçamento, encomendar produtos diretamente dos Estados Unidos e demais países pode ser uma boa opção.

Uma lancheira da linha Patrulha Canina, por exemplo, chega a custar cerca de 30% mais barato nos EUA. É possível achar modelos por U$ 10 dólares, enquanto no Brasil o item pode custar mais que R$ 70,00.

O app funciona assim: ao escolher o produto em um site internacional, o usuário cadastra o pedido na plataforma junto com o link do produto, estipulando uma recompensa para o viajante que está fora do país e que pode trazer a encomenda em seu espaço extra na mala. O viajante compra o produto e é reembolsado pela plataforma assim que a encomenda for entregue – junto com seu bônus.

Disponível para Android e IoS

https://grabr.io/

InClass – organize a agenda escolar

Para os pais que querem acompanhar a rotina escolar dos filhos mais de perto em 2019, os apps de calendários são essenciais. O InClass é um deles e permite criar uma agenda de estudos para ter controle sobre as datas de provas e entregas de trabalhos, por exemplo. O app ainda oferece funções como: lista de atividades, diário de estudo e armazenamento de dados dos professores, além de uma parte destinadas a datas importantes, onde é possível incluir, inclusive, os passeios escolares e atividades extracurriculares.

Disponível para IoS

https://itunes.apple.com/br/app/in-class

Minipedia –  enciclopédia na palma da mão

Independentemente da fase escolar, os alunos sempre necessitam buscar informações sobre os mais variados temas. Da educação infantil até a faculdade, o Wikipedia é aliado dos internautas na hora de realizar pesquisas e desenvolver trabalhos, com isso, o Minipedia deve ser aplicativo essencial no celular de quem está prestes a voltar às aulas, já que traz conteúdo do site, mesmo se o usuário estiver offline e ajuda os alunos terem acesso a dados e referências de diversas áreas.

Disponível para IoS

https://minipedia.mobi/

Banner Marcelo
Camara Municipal de Guarapari – Participe
Institucional Basic Idiomas

Institucional MAllagutti

1 COMENTÁRIO

  1. Minha nobre repórter,os app são uteis sim mas,esquecemos sempre da segurança apesar do Brasil ser um País de desinformados digitais (com as devidas ressalvas é claro)e sem querer ofender ninguém ,tomei a liberdade de fazer uma pesquisa rápida e em termos de segurança cibernética encontrei de cara vulnerabilidades é claro,quem programa os apps não se importam muito com a segurança não,é padrão.Nenhum site está no Brasil,possuem rastreadores em toda Europa e até na Indonésia País avançado na cibernética,um destes aí,coleta dados de professores é isto? Se for pela lei Brasileira é crime sem o consentimento deles.Todo cuidado é pouco e coloquemos nossas mãos para o “céu” de sermos totalmente leigos na era digital,inclusive todos os repórteres do Brasil deveriam tomar conhecimento deste mundo,desculpe a franqueza mas tá ruim deste jeito viu! saudações.Não escondo meu IP não.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here