O menino de apenas 11 anos de idade, desaparecido na noite de terça-feira em Guarapari, foi encontrado na noite de ontem (02), por amigos da família. Rafael dos Santos Cheetos, estava em uma escadaria às margens da BR 101, na altura da comunidade de Barro Branco, zona rural do município.

Menino foi encontrado no local onde a família morou após chegar da Bahia.

Aliviada por ter encontrado o filho, mas ainda muito preocupada com a atitude dele, a mãe Sirley dos Santos Lino, diz que agora quer encontrar um psicólogo para conversar. “Pedi ajuda na escola dele para encontrar um psicólogo que possa conversar com ele e entender o que está se passando. Mas a escola disse que não tem como, e nós vamos correr atrás, porque ele não pode ficar fazendo isso”, desabafa ela. 

Sem dinheiro para pagar um profissional, Sirley faz um apelo. “Quem puder nos ajudar, será muito bem vindo. Não temos condições financeiras para arcar com o psicólogo. Precisamos de ajuda”. 

O menino está aos cuidados da avó paterna, já que não quis voltar para casa. Rafael disse à mãe que fugiu com medo das correções dos pais. “A gente não bate nele, mas tentamos corrigir os erros, porque ele é uma criança e precisa aprender”, explicou.

Na BR 101. Após fugir de casa, na noite de terça-feira, o menino foi caminhando até a comunidade de Barro Branco, às margens da BR 101, onde a família já morou. Os ex-vizinhos viram ele na escadaria do bairro, e só após a publicação da reportagem, perceberam que eles estava no local sozinho. 

“Eles achavam que ele estava brincando na escadaria porque nós estávamos lá. Depois que a reportagem foi publicada, viram que ele tinha fugido de casa e ligaram para nós. Ele chegou a correr para a mata, mas nós conseguimos encontrar ele”, disse. 

Deixe seu comentário