Convidado e anunciado como novo secretário estadual de turismo, o empresário de Guarapari, Gustavo Guimarães, perdeu o posto para o também empresário, Paulo Renato Fonseca Júnior, que tomou posse ontem (8), em cerimônia realizada no palácio Anchieta em Vitória.

Procurado para comentar a sua “não confirmação” como secretário, Gustavo não quis se manifestar, dizendo apenas que o nome de Paulo Renato também é uma boa escolha. Mas o que se pode apurar nos bastidores é que o nome de Gustavo foi um convite e uma indicação direta do vice-governador César Colnago (PSDB), com aval do ex-secretário estadual de turismo, Nerleo Caus.  

Paulo Renato Fonseca Júnior, Paulo Hartung e César Colnago.

Comando. Gustavo aceitou o convite e pediu apenas um tempo para deixar os seus negócios particulares ajustados e pudesse assim, assumir a secretaria e implementar suas ideias para o turismo capixaba. Só que neste meio tempo, foi nomeado Ricardo Wagner como secretário interino e o governador Paulo Hartung (PMDB) entrou no circuito, mostrando que o comando do governo, inclusive do turismo capixaba é totalmente dele.

O nome de Gustavo foi um convite e uma indicação direta do vice-governador César Colnago (PSDB). Foto: Gessika Avila/Portal 27

Lista tríplice. O nome de Gustavo estava certo e até um almoço chegou a ser oferecido para saudá-lo como novo secretário. Nesse almoço, estavam o ex-secretário Nerleo e César Colnago, entre outras pessoas do setor turístico. Após esse almoço, na reunião que seria para confirmar e dar posse ao nome de Gustavo, Hartung mudou os planos e pediu aos empresários do meio turístico que participavam da reunião, a formação de uma lista tríplice, ou seja, três nomes para que ele pudesse escolher entre os três. Surgiram então três nomes: Gustavo, Paulo Renato e Simone Modolo, que é a atual subsecretária estadual de turismo.

Campanha. Essa decisão repentina de Hartung causou uma saia justa na reunião, mas ao mesmo tempo atiçou as vontades de alguns empresários que queriam o cargo, como é o caso de Paulo Renato, que tem um perfil mais político do que Gustavo, e que “partiu para cima”, fazendo uma campanha ferrenha em busca de conseguir a indicação da maioria e ser confirmado como novo secretário de turismo do Estado.

Dessa forma, com mais ligações políticas do que Gustavo Guimarães, Paulo Renato se tornou secretário, mostrando que “quem pode mais chora menos” e que quem manda no governo é Paulo Hartung (PDMB) e que o vice governador, César Colnago, tem função meramente para situações “emergenciais”, ou seja, assumir o governo quando o “bicho tá pegando” como foi na época em assumiu o governo durante a greve da PM, em que morreram mais de 200 pessoas, enquanto PH cuidava da saúde. 

Paulo Renato Fonseca, César Colnago e Paulo Hartung durante cerimonia de hoje.

Nos bastidores, César e o PSDB não teriam ficado satisfeitos com a mudança feita por PH na indicação do grupo para o turismo. Até um colunista do jornal A Gazeta teria comentou sobre isso. Mas, fica a experiencia e a frase para Gustavo, que é mais técnico do que político e também para o experiente vice-governador César Colnago (PSDB). Como disse Magalhães Pinto: “Política é como nuvem. Você olha e ela está de um jeito. Olha de novo e ela já mudou.”

Deixe seu comentário

Comments are closed.