Inicia nesta segunda-feira (12) as aulas do curso do programa Cozinha Capixaba em Guarapari. Ao todo, 40 profissionais do setor da gastronomia capixaba participarão das aulas que serão realizadas na unidade móvel do programa, uma cozinha didática que será instalada ao lado do Rádio Hotel. O objetivo é capacitar os profissionais, de forma gratuita, para promover a culinária e os produtos regionais e, com isso, incentivar o turismo e gerar emprego e renda.

Ao todo, 40 profissionais do setor da gastronomia capixaba participarão das aulas.

A programação prevê dois cursos de capacitação por semana, de segunda-feira a sexta-feira, em dois períodos com 20 alunos em cada um deles, com duração de 20 horas semanais.

A turma da noite vai funcionar entre os dias 12 e 15 de março, das 17 às 22 horas. Iniciando na segunda à noite e terminando na quinta à noite (carga horária de 20 horas). E a turma da tarde vai funcionar, 13 a 16, das 11 às 16 horas. Iniciando na terça feira à tarde e terminando na sexta feira a tarde (carga horária de 20 horas).

Durante o curso, os moradores e turistas poderão experimentar as melhores comidas do estilo food truck, mais de 15 veículos vão participar do evento que promete movimentar a Praia da Areia Preta, tudo isso ao som de uma boa música ao vivo.

Nos dias 16 e 17 serão realizadas aulas abertas ao público, essas aulas serão ministradas pelos gastrônomos da cidade .

Nos dias 16 e 17 serão realizadas aulas abertas ao público, essas aulas serão ministradas pelos gastrônomos da cidade e os presentes no evento irão acompanhar tudo em um telão que será instalado no local, assim como foi na aula inaugural do programa, realizada no último mês.

O Programa Cozinha capixaba é uma parceria entre o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag), Prefeitura de Guarapari, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agricultura (Semag), a Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes) e o Sesi-ES.

Confira a lista dos 40 inscritos nessa etapa:

Turma: Vespertino

01 – Maria Aparecida Reis de Miranda

02 – Aylsa Celma de Araujo Marques

03 – Carlos André Borges Ribeiro

04 – Viviane Matos Coutinho

05 – Edileide Xavier dos Santos

06 – Elaine Goes Wandermurem dos Santos

07 – Elidimar Maria Ramos

08 – Elza Balter Vianna  Elza

09 – Genedir Souza Costa

10 – Luana Rezende Leite

11 – Lucerlene Peixoto Carneiro

12 – Luciene de Souza Santos

13 – Marina Pereira Duarte Belem

14 –Roberto Sabino Palazzi

15 – Maria da Glória Fávaris de Deus

16 – Marly Silva Nascimento

17 – Simone dos Santos Duarte Oliveira               Rota dos Sabores

18 – Roberta Álida Seidel

19 – Mariney Galli dos Santos

20 – Valdinéia da Luz Freitas

TURNO: Noturno

01 – Larissa Jadão Negrini Barreto

02 – Lenita Souza dos Santos

03 – Carlos Eduardo Mantovaneli dos Santos

04 – Elton Bonfim Cerqueira

05 – Maria da Penha Almeida

06 – Jaciara Santos das Neves

07 – Lidyani Lanteman Mariano                Império Sabor

08 – Maria Lucia Diniz Martins

09 – Luciana Soares Lopes

10 – Rosely dos Santos

11 – Eva Christian Ferreira Souza

12 – Ana Cristina Ferreira de Jesus

13 – Solange Gomes de Araujo

14 – Maria Guilhermina dos Reis

15 – Cleyde do Nascimento Oliveira

16 – Regina Lemos Sáthler

17 – Emanuelly Amélia Rodrigues Simões

18 – Delza Maria Buback Fernandes

19 – Rosangela Nunes Loyola

20 – Regina Selma Felix de Lima

Pedido de mais edições na cidade

Equipes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agricultura (Semag), Secretaria Municipal de Turismo, Empreendedorismo e Cultura, Findes, Gastrônomos de Guarapari e representantes de Food Trucks de Guarapari, estiveram reunidos com o Secretário de Estado da Agricultura, Octaciano Neto, para tratar do curso Cozinha Capixaba.

Na reunião, a secretária municipal de Meio ambiente e Agricultura, Thereza Christina Barros, solicitou mais edições do evento em Guarapari devido ao grande número de inscrições (aproximadamente 150). A solicitação se dá como forma de atender a todos os inscritos e a valorizar os gastrônomos da cidade, uma vez que, serão os profissionais locais que irão ministrar os novos cursos do projeto.

*Com informações da Prefeitura de Guarapari