Na noite de ontem (24), o prefeito de Anchieta, Fabrício Petri, publicou mais um decreto com medidas contra o novo coronavírus. Esse documento determina medidas como suspensão do atendimento ao público em estabelecimentos bancários, limite de quantidade de pessoas em velórios e comércios e abordagem de pessoas pelas autoridades sanitárias e policiais.

Ontem (24), o prefeito de Anchieta, Fabrício Petri, decretou novas medidas em combate ao Covid-19.

#FiqueEmCasa. De acordo com o decreto, as autoridades policiais e sanitárias devem abordar os indivíduos que transitarem pelo território de anchieta. O intuito é recomendar o recolhimento às dependências domiciliares no período de 21h às 5h. O artigo 10º deste decreto garante que, havendo desrespeito a essas determinações, as autoridades e forças policiais devem usar de “meios coercitivos para inibir a prática”.

Velórios. É recomendado que seja mínima a quantidade de pessoas em funerais. Em espaços internos, a determinação, de acordo com a nota técnica da Anvisa, é que permaneçam no máximo 10 pessoas no recinto. O caixão deve permanecer fechado durante toda a cerimônia.

Compras. O documento recomenda que apenas um integrante de cada família realize as compras, e que não seja do grupo de risco. Permanece proibida, segundo o decreto, a aglomeração de pessoas em quaisquer tipos de eventos, como festas particulares e reuniões.

Restaurantes e feiras. A estrutura de atendimento em restaurantes deve ser remanejada. De acordo com o decreto, o número de mesas nesses estabelecimentos deve ser reduzido em, no mínimo, 50%, para evitar aglomerações. As feiras livres, que costumavam acontecer tradicionalmente aos sábados e quartas, tiveram seus funcionamentos suspensos.

Bancos. O decreto suspendeu também o atendimento ao público em agências bancárias em todo o município. Tal serviço deve voltar a funcionar a partir do dia 6 de abril.

Deixe seu comentário