A manifestação das mulheres e familiares dos PMs que trabalham em Guarapari continua em frente ao 10º batalhão da Polícia Militar, localizado no bairro Aeroporto. Ao contrário do dia tenso de ontem (confira aqui), hoje os moradores não se dirigiram para frente do Batalhão para tentar convencer as mulheres a liberarem a saída dos policiais, que afirmam não poder sair por causa deste bloqueio.

A manifestação das mulheres e familiares dos PMs que trabalham em Guarapari, continua em frente ao 10º batalhão.

Coletiva. Na manhã desta quarta-feira (8), em entrevista coletiva o governador  Paulo Hartung, convocou policiais a retomarem suas funções: “Vamos voltar ao trabalho!” Na entrevista estavam também, o governador em exercício, César Colnago, e o secretário de Estado da Segurança e defesa Social, André Garcia.

Segundo o governador, a paralisação dos policiais militares é uma “chantagem” com o governo. “É a mesma coisa que sequestrar a liberdade, o direito do cidadão capixaba, e cobrar resgate. Nem por aspecto ético se paga resgate, e nem a lei de responsabilidade fiscal permite isso”, afirmou.

Manifestação. Uma nova manifestação dos moradores está sendo divulgada pelas redes sociais. Segundo o que está sendo divulgado, haverá uma manifestação na BR 101 na saída de Guarapari a partir das 14 horas. Na manifestação está prevista a interdição da rodovia.

Deixe seu comentário

Comments are closed.