Os proprietários das empresas de ônibus que atuavam até o ano passado na cidade, José Maria e Walter da Silva, protocolaram na Câmara Municipal de Guarapari, o procedimento administrativo solicitando dos vereadores a abertura de uma Comissão Especial de Investigação (CEI).

Empresários queriam que vereadores investigassem a licitação do transporte em Guarapari.

O motivo segundo os empresários, seria a apuração de possíveis irregularidades no processo licitatório, edital 002/2016, do Transporte Coletivo Urbano do Município, que teve como ganhadora a empresa C Lorenzutti. A votação do procedimento administrativo entrou na pauta da sessão de hoje.

Por 14 votos a 3, a matéria não foi aprovada e a maioria dos vereadores decidiu por não investigar o processo que foi finalizado no ano passado. Segundo o vereador Dito Xaréu, um dos que foi contra a abertura da comissão, as empresas tem uma dívida com a prefeitura. “Eles querem uma investigação, mas devem cerca de R$ 2 milhões ao município. Não concordo com a abertura da comissão”, enfatizou na Tribuna da Câmara.

Os três vereadores que foram a favor da criação da comissão foram Oziel Pereira de Souza, Lennon Monjardim e Clebinho Brambati. “Acredito que toda comissão de investigação é importante. É papel do vereador fiscalizar e apurar todas as informações para dar respostas a sociedade”, declarou Clebinho.

Deixe seu comentário

Comments are closed.