Na sessão da última quinta-feira (11) na Câmara Guarapari, dois vereadores fizeram requerimentos à prefeitura para tentar resolver o problema da falta de espaço nos cemitérios municipais. (veja aqui)

O vereador Thiago Paterlini (PMDB) pediu a viabilização da renovação do contrato com um cemitério particular. Para o vereador, “e a população que está sofrendo, quando tem que enterrar os seus mortos em covas com dois, três desconhecidos. A prefeitura tem que tomar providências rápidas para resolver esta situação”.

No Cemitério do Coroado, as sepulturas são abertas entre as existentes. foto: João Thomazelli/Portal 27
No Cemitério do Coroado, as sepulturas são abertas entre as já existentes. Foto: João Thomazelli/Portal 27

O outro requerimento foi feito pelo vereador Jorge Ramos (PPS). Ramos sugeriu que a administração utilize um dos terrenos pertencentes à prefeitura para resolver o problema. No requerimento ele cita uma área que fica na estrada de Tartaruga, logo depois do Ifes, como possível localização para um novo cemitério.

“A prefeitura tem vários terrenos que podem ser transformados em cemitério. Basta tirar as licenças ambientais e murar. Isso resolveria o problema. A prefeitura tem um terreno também próximo ao CDP que pode ser convertido em cemitério”, declarou Jorge Ramos.

No cemitério do Centro não há mais vagas. Foto: João Thomazelli/Portal 27
No cemitério do Centro não há mais vagas. Foto: João Thomazelli/Portal 27

O problema da falta de vagas nos cemitérios gerou uma situação que incomodou muita gente. No mês de maio, alguns sepultamentos foram realizados em uma mesma cova. Chegaram a ocorrer quatro sepultamentos no mesmo lugar, de pessoas de famílias diferentes.

Mas depois de muita reclamação, a prática foi encerrada. Hoje os sepultamentos estão sendo feitos em covas separadas entre os jazigos, mas a solução é paliativa. Logo faltará espaço.

Outra alternativa rechaçada pelos vereadores é que a prefeitura firmaria um contrato com cemitério de outra cidade.Em nota a prefeitura disse que está resolvendo o problema  da falta de espaço para sepultamentos em cemitérios públicos de Guarapari. Confira a nota:

Contrato de aquisição de campas

Com o final contrato de aquisição de campas com o Parque Paraíso, não cabia aditamento ou renovação e, por este motivo, o Município abriu processo licitatório para contração do serviço. Isto posto, o processo encontra-se tramitando para viabilização, dentro das diretrizes da Lei Nº 8.666/93.

Pelo fato de estar em andamento, ainda não há definição de empresa vencedora do certame, o que desmente a informação do Parque da Paz.

Busca por terreno

Em relação ao terreno de Tartaruga a inviabilização se dá pelo fato de todo o terreno ser marcado por afloramento rochoso. Entretanto, o município segue procurado terreno compatível para implementação de cemitério.

Deixe seu comentário