Capixabas de 22 municípios do Espírito Santo poderão ter acesso ao Cartão Reforma, com a liberação de R$ 17 milhões em recursos para aquisição de materiais de construção destinados a reforma, ampliação ou conclusão de casas. Nessa sexta-feira (30), o Governo Federal publicou a Lei que regulamenta o Programa, que está ligado ao Ministério das Cidades.

“Levamos ao ministério as necessidades municipais do nosso Estado como um todo, acompanhamos a elaboração do Programa e agora temos essa definição que municípios de todas as regiões capixabas foram selecionados. Esse é um incentivo, um apoio fundamental para favorecer a estabilização das famílias”, destaca o deputado Federal Evair de Melo (PV/ES).

Capixabas de 22 municípios do Espírito Santo poderão ter acesso ao Cartão Reforma, com a liberação de R$ 17 milhões em recursos.

O Cartão Reforma é destinado a famílias com renda mensal de até R$ 2.811,00 e imóvel precisa estar em área indicada pelo poder municipal. O beneficiário precisa ser maior de 18 anos ou emancipado e residir no imóvel que vai receber as obras. O valor do benefício varia de R$ 2 mil a R$ 9 mil, sendo o cartão pessoal e intransferível, com validade para uso dos recursos dentro do prazo de 90 dias para cada parcela.

Cachoeiro de Itapemirim. Na região Sul, Cachoeiro de Itapemirim é o município com o maior valor disponibilizado. Serão R$ 862.5 mil para os interessados. Tendo como média o valor de R$ 5 mil, cerca de 172 cidadãos poderão receber recursos para investir nos imóveis.

As prefeituras dos municípios selecionados deverão participar do edital para obter a aprovação definitiva e enquanto aguardam a publicação devem preparar projetos, iniciando a identificação dos bairros de interesse social, tendo como base o limite financeiro e a quantidade estimada de famílias que poderão ser atendidas.

 

MUNICÍPIO VALOR FINANCEIRO DISPONIBILIZADO
Anchieta R$ 575.000,00
Aracruz R$ 575.000,00
Barra de São Francisco R$ 575.000,00
Cachoeiro de Itapemirim R$ 862.500,00
Cariacica R$ 1.036.150,00
Colatina R$ 575.000,00
Conceição da Barra R$ 983.250,00
Ecoporanga R$ 575.000,00
Fundão R$ 575.000,00
Guarapari R$ 1.036.150,00
Itapemirim R$ 851.000,00
Linhares R$ 1.036.150,00
Marataízes R$ 580.750,00
Nova Venécia R$ 575.000,00
Pedro Canário R$ 667.000,00
Piúma R$ 575.000,00
São Mateus R$ 1.036.150,00
Serra R$ 1.036.150,00
Sooretama R$ 575.000,00
Viana R$ 1.036.150,00
Vila Velha R$ 1.036.150,00
Vitória R$ 678.500,00
  R$ 17.051.050,00

 

No Brasil, a meta é atender até 120 mil famílias ainda este ano, nos 1.930 municípios que estarão aptos a participar numa primeira etapa, com edital previsto em R$ 150 milhões para repasses a famílias.

Deixe seu comentário

Comments are closed.