JB Padrão
Banner TOP

Quem foi passear no Parque Municipal Morro da Pescaria este fim de semana percebeu que a cobrança para a entrada no local não estava sendo feita e as catracas estavam liberadas. A cobrança passou a ser feita depois que o morro virou parque municipal para ajudar nas despesas de pessoal e manutenção do local há alguns anos.

A professora aposentada Inês Brandão Costa, 65 anos, é de Governador Valadares (MG) e frequentadora assídua de Guarapari. Ela conta que ficou surpresa ao ver as roletas do parque liberadas.

As catracas de acesso ao parque estão liberadas. Foto: João Thomazelli/Portal 27

“Eu frequento Guarapari há anos e sempre que posso visito o Morro da Pescaria. è um lugar lindo. Dessa vez fiquei preocupada, porque depois que transformaram em parque a estrutura melhorou muito e a cobrança ajudava a manter a estrutura, né? Agora sem cobrarem quer dizer que vai voltar ao que era antes?”, questionou a turista mineira.

As catracas de acesso ao parque estão liberadas. Foto: João Thomazelli/Portal 27

Procuramos a prefeitura para saber os motivos para as catracas do Parque Municipal Morro da Pescaria estarem liberadas. em nota o município respondeu o seguinte:

“Informamos que com o término da parceria entre a Prefeitura Municipal de Guarapari e a ONG Associação Ecológica Força Verde (entidade responsável pelo gerenciamento da arrecadação da bilheteira da Unidade de Conservação (UC) Parque Natural Municipal Morro da Pescaria – PNMMP) foi suspensa a cobrança para acesso a trilha principal a partir do dia 01/11/2018. Os servidores públicos que atuam na Unidade de Conservação PNMMP, não possuem amparo legal para efetuar cobrança. Um novo edital de chamamento público para parceria com uma nova organização, OSCIP – Organização da Sociedade Civil de Interesse Particular, está sendo providenciado. A entrada na trilha principal do Parque Natural Municipal Morro da Pescaria estará liberada de cobrança”.

Banner Marcelo
Institucional MAllagutti
Institucional Basic Idiomas

Padrão

4 COMENTÁRIOS

  1. Olha eu sou frequentador assíduo do Parque , tanto para meu lazer, como também para trabalhos , porque sou fotógrafo, e sinceramente espero de verdade, que a Prefeitura através de algum órgão responsável, resolva isso quanto antes, para que o interior do Parque, nao fique em situação lamentável como esta a pedra do ” Jesus” repleta de lixo e vezes humanas ,ta horrível, eu mesmo ” sozinho” ja fiz várias ações de limpezas,tanto na pedra como no interior do Parque,porém sem controle ficará insustentável, Por favor resolvam isso ! Desde ja agradeço

  2. Absurdo, com essa liberação daqui a pouco esse parque vai estar infestado de bandidos, noias, vagabundos, prostituição.

  3. Acho uma iniciativa irresponsável…ali na entrada já é frequentado por jovens principalmente menor para o uso de drogas sem nenhum pudor…..sem a cobrança agora eles vão acessar o parque e fazer e acontecer….tem coisas que não da pra entender…acho sr prefeito vc precisa resolver isto o mais rapido antes que dê merda naquele lugar bonito e muito frequentado…precisa de investimentos e segurança e de verdade principalmente na entrada do portão na orla da praia …só da drogado…

  4. Sou morador nato de Guarapari e fui barrado de entrar varias vezes. Acho que aquele pessoal que fazia segurança tinha algo por trás. Agora com o lugar livre minha desconfiança aumentou. Achava exagerado o número de segurança. ONG também? Vixi…!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here