Tiago foi preso em flagrante pela Corregedoria da Polícia Civil na tarde do último sábado (07)
Tiago foi preso em flagrante pela Corregedoria da Polícia Civil na tarde do último sábado (07)

Após se envolver em uma grande confusão na madrugada do último Sábado (7), o  Delegado Tiago Felipe Dorneles, foi afastado preventivamente do cargo que ocupava como plantonista no Departamento de Polícia Judiciária de Guarapari, por tempo indeterminado. + Delegado de Guarapari dá tiros tentando entrar em boate de Vila Velha.

A decisão veio através do chefe da Polícia Civil do Espírito Santo, Joel Lyrio.

Tiago vai responder pelos crimes de lesão corporal, ameaça, abuso de autoridade e disparo em via pública. Dorneles está na Polícia Civil do Espírito Santo há dois anos, ou seja, ainda em período de estágio probatório que termina após três anos de trabalho. “Essa conduta pode comprometer a carreira dele dentro da polícia”, destacou o corregedor João Calmon.

O delegado da corregedoria continua investigando, e será aberto um processo administrativo. Esse processo ainda dará direito a uma ampla defesa do delegado, e passará depois para a comissão que irá avaliar todo o caso e as provas, se posicionando, enviará para o conselho a sua decisão, este mesmo conselho julga se Tiago receberá uma advertência, suspensão ou até a pena máxima de demissão.

O corregedor João Calmon disse por telefone à nossa reportagem que o ato de afastamento foi um posicionamento do chefe de Polícia e não um pedido da corregedoria. Segundo ele ainda, o caso deve-se encerrar nos próximos dias. Disse ainda que o outro delegado será nomeado para ocupar o cargo de plantonista neste período.

Deixe seu comentário