A chuva que caiu na noite de ontem e madrugada de hoje em Guarapari gerou diversas dificuldades e aborrecimentos para os moradores da cidade.

Na unidade de saúde de Meaípe, só com sacolas nos pés.
Na unidade de saúde de Meaípe, só com sacolas nos pés.

De Norte a Sul de Guarapari foram registrados alagamentos. Em Meaípe, na área sul da cidade, o Posto de Saúde foi tomado pelas águas da chuva, e quem foi trabalhar ou procurar atendimento médico teve que molhar os pés, ou, para evitar isso, teve que “calçar” sacolas, como pode ser verificado nas fotos e vídeo mandados por um dos nossos leitores que mora no bairro.

Outra unidade de saúde que ficou com atendimento complicado por causa das chuvas, foi a da localidade de Todos os Santos, no interior de Guarapari. A rua onde fica a unidade já estava em péssimas condições, por causa de dezenas de buracos.

Agora, com a chuva, ficou quase impossível para os pacientes procurarem atendimento. Os moradores de Todos os Santos também nos mandaram fotos da rua onde fica a unidade de saúde e a situação é crítica.

Já na área Norte de Guarapari, no Bairro Setiba, comerciantes estão ilhados por causa da lama que está acumulada na rua Esmeralda. Para entrar ou sair do comércio ou das casas que ficam na rua, só molhando os pés.

Na rua Esmeralda, em Setiba, moradores e comerciantes estão ilhados. foto: Jéssica Margon
Na rua Esmeralda, em Setiba, moradores e comerciantes estão ilhados. foto: Jéssica Margon

“Como viver com uma imundície dessas? Como alguém vai no seu comércio com essa lama? E muita falta de respeito com todos nós que pagamos tantos impostos. Precisamos de alguém que faça alguma coisa por Setiba, o bairro excluído de Guarapari”, desabafou Jéssica Margon, moradora de Setiba.

Em Todos os Santos a situação da rua do posto de saúde é crítica.
Em Todos os Santos a situação da rua do posto de saúde é crítica.
O ônibus ficou atolado na lama em Village do Sol. Foto: Néia Lima
O ônibus ficou atolado na lama em Village do Sol. Foto: Néia Lima

Já no extremo norte da cidade, no Bairro Village do Sol, a situação das ruas está tão complicada que um ônibus ficou atolado na lama quando passava por dentro do bairro para pegar passageiros.

“O ônibus ficou meia hora atolado na lama. Só conseguiu sair depois dos moradores empurrarem, colocarem pedras e pedaços de madeira para conseguir sair da lama. Os moradores só conseguem sair do bairro se enfiarem o pé no barro”, reclama Néia Lima, moradora de Village do Sol.

A Prefeitura

Em nota a prefeitura de Guarapari informou que:  “A Secretaria Municipal de Obras – SEMOP já foi acionada e deverá fazer um levantamento sobre as situações apontadas pelos moradores para possíveis ações. Também, com a proximidade de conclusão da atual etapa obras, já está sendo realizado estudo para abertura de novo processo licitatório visando nova etapa de obras de drenagem e pavimentação de ruas no município”.

 

Deixe seu comentário