A chapa do vereador Dr. Rogério Zanon (PSB), foi a vencedora da eleição para definir os membros da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Câmara de Guarapari, que vai investigar denúncia realizada pela ONG Transparência Guarapari. A eleição aconteceu na quinta-feira (08).

Pavimentação. A denúncia é sobre supostas irregularidades na realização da pavimentação asfáltica de bairros do município. A chapa do Dr. Rogério, denomiada “Política é Coisa Séria”, é formada pelos vereadores Rogério Zanon (PSB), Oziel de Souza (PSC) e Gilmar Pinheiro (PSDB). Eles venceram a chapa “Buscando a Verdade”, composta pelos parlamentares Kamilla Rocha (DEM) Zé Preto (Podemos) e Sandro Bigossi (PDT).

A chapa do vereador Dr. Rogério Zanon (PSB), foi a vencedora

Tempo. A chapa de Dr. Rogério foi escolhida por 7 votos a 6 para compor a CPI do asfalto. Respeitando o que determina o Regimento Interno, a Comissão tem o prazo de 90 dias, que pode ser estendido por mais 90 dias, para realizar a investigação.

“É importante que o povo teve ciência a consciência que o povo de Guarapari saiba que estamos exercendo a nossa função fiscalizadora, temos que fiscalizar onde está indo o dinheiro dos munícipes”, disse o vereador Dr. Rogério Zanon.

Recorde. Ele explicou que a denúncia é sobre uma empresa que recebeu quase um milhão de reais em tempo recorde, para realizar a pavimentação asfáltica em Guarapari. “Essa tramitação desse processo começou no último dia útil de 2012, que é essa mesma administração que está aí e foi em tempo recorde. Em menos de 6 horas. Nós vamos chamar as pessoas que estavam contidas e estão contidas nesse processo, para vir e apurar. Se eles conseguirem convencer que nós não estamos no caminho certo, eu vou falar ”, afirmou.

Cadeia. Ainda de acordo com o vereador, ele vai até as últimas consequências para saber a verdade. “Venham e falem a verdade. Eu não vou medir esforços, se for necessário, de colocar na cadeia. Se tiver que levar isso para a polícia federal e para o Gaeco, nós vamos fazer. Quero ver como vão se explicar”, disse durante seu discurso.

Deixe seu comentário