O combate ao mosquito Aedes aegypti em Itapemirim vai ganhar um importante reforço neste mês. O município foi contemplado com o envio de 11 homens do Exército Brasileiro, que chegaram ontem (02) e vão atuar nas ruas de diversas localidades até o final do mês.

dengue exército
O objetivo da ação do Exército é identificar pontos de risco e auxiliar na redução dos casos.

Os oficiais serão acompanhados pelos agentes de endemias que já atuam diariamente no município. Apesar do número de casos notificados ainda não ser alarmante, o objetivo da ação do Exército é identificar pontos de risco e auxiliar na redução dos casos.

Segundo a coordenadora da Vigilância Ambiental, Leuziane Endlick, os militares já conhecem a realidade do município e sabem quais os bairros com maiores incidências, o que vai agilizar a atuação. “Essa ajuda será muito bem-vinda para o nosso município. Trabalhamos diariamente para combater o mosquito, mas o número de casos continua alto. Esses homens que estão chegando já conhecem a nossa realidade e estão prontos para nos auxiliar na eliminação dos focos. Ainda assim, precisamos da colaboração de toda a população, tanto para eliminar os focos dentro de suas residências, quanto para abrir as portas para nossos agentes e os homens do Exército durante as visitas domiciliares”.

O auxílio do Exército Brasileiro foi disponibilizado para diversos municípios do Brasil e alguns do sul do Estado já receberam os militares, como Cachoeiro de Itapemirim e Rio Novo do Sul.