Começaram a ser entregues na segunda, (30), os cartões do auxílio financeiro às famílias das comunidades de  Bento Rodrigues, Paracatu,  Pedras, Camargos, Ponte do Gama e Campinas, distritos de Mariana (MG), impactados pelo acidente com as barragens.

A Samarco iniciou a entrega da primeira remessa de  115  cartões para as famílias cadastradas e validadas pela Defesa Civil e pela empresa. A entrega informa que continuará até que todos os núcleos familiares sejam atendidos. O objetivo é oferecer uma alternativa para pagamentos de despesas pessoais, familiares e residenciais às pessoas que perderam sua fonte de renda temporariamente.

financeira
O objetivo é oferecer uma alternativa para pagamentos de despesas pessoais, familiares e residenciais às pessoas que perderam sua fonte de renda temporariamente.

O auxílio contempla o pagamento mensal de um salário mínimo para a família, mais um adicional de 20% do salário mínimo para cada um dos dependentes, além de uma cesta básica no valor de R$ 338,61. A verba será disponibilizada em um cartão de débito. Ele é aceito para compras em diversos estabelecimentos comerciais e também permite realizar saques e transferências em todos os terminais de autoatendimento da rede Banco 24 horas.

Caso a Samarco descumpra a decisão, deverá pagar multa diária de R$ 1 milhão. Foto: Vinícius Rangel.
O auxílio financeiro não representa nenhuma indenização por perdas e danos e é pago mesmo que a família receba benefícios sociais Foto: Vinícius Rangel.

O crédito é realizado até o 5º dia útil de cada mês e o valor é retroativo ao dia 5 de novembro, independentemente do dia do recebimento do cartão. O auxílio financeiro não representa nenhuma indenização por perdas e danos e é pago mesmo que a família receba benefícios sociais, como o Bolsa Família e aposentadoria.

A próxima remessa de cartões será entregue ao titular, indicado pelo núcleo familiar durante as reuniões de diálogo social da Samarco que estão sendo realizadas ao longo desta semana. A pessoa recebe o envelope lacrado, contendo o cartão e uma senha, além da relação dos estabelecimentos comerciais credenciados, orientações para desbloqueio e passo a passo sobre como utilizar.  É necessário que o titular do cartão providencie as documentações pessoais – como CPF e certidão de nascimento – para viabilização do auxílio.