No Dia Nacional de São José de Anchieta, celebrado nesta sexta-feira, 09 de junho, o governador do Estado, Renato Casagrande, esteve no município de Anchieta para a solenidade de transferência simbólica da capital do Espírito Santo para o município, localizado na microrregião Litoral Sul.

Praia de Ubu. Na ocasião, O Governo do Estado realizou a entrega de uma motoniveladora à prefeitura; a autorização para o início das obras de pavimentação e drenagem de 12 ruas no Bairro Castelhanos; o repasse de recursos para contratação da obra de reurbanização da Praia de Ubu; além da inauguração do Centro de Referência Especializado em Assistência Social (Creas).

Renato Casagrande, esteve no município de Anchieta para a solenidade de transferência simbólica da capital do Espírito Santo para o município, localizado na microrregião Litoral Sul.

Qualidade de vida. Casagrande comentou sobre a importância dos investimentos do Estado para garantir mais assistência e qualidade de vida à população: “O Cras e o Creas são espaços que ajudam muito as pessoas que necessitam de profissionais qualificados no atendimento às pessoas. São equipamentos que dão mais dignidade às famílias mais carentes. Também estamos ajudando as Guardas Municipais de cada município, estruturando, dando condições de melhorias no trabalho. Já repassamos viaturas e agora repassando armas, pois o trabalho das guardas complementa os da Polícia Militar. Aqui em Anchieta já fizemos a Orla de Castelhanos, a Ponta de Castelhanos e agora vamos mais um sonho para a população de Ubu”, disse.

Fundo Cidades. Para os serviços de pavimentação e drenagem, que vão contemplar 3,3 quilômetros, por meio do Fundo Cidades, o Governo do Estado repassará à Prefeitura de Anchieta R$ 5 milhões, na proporção em que os trabalhos forem sendo executados. A obra, a ser realizada pela gestão municipal, vai beneficiar as seguintes ruas: Acácio de Oliveiro (P1), Haroldo Secchin, Dezoito, Rogério da Silva Mendes, Euclides Martins, Mato Grosso, Acácio de Oliveiro (P2), Vinte e Nove, Guaracy Gomes, Mario Azevedo, Alexandre Gastoni e Vinte e Seis.

Produção agrícola. Já para a aquisição da motoniveladora, a transferência do Governo para o município é de R$ 995.000,00. A máquina é importante para a manutenção da rede viária do município, favorecendo o escoamento da produção agrícola, a circulação de veículos e o bem-estar da população.

Governo do Estado realizou a entrega de uma motoniveladora à prefeitura; a autorização para o início das obras de pavimentação e drenagem de 12 ruas no Bairro Castelhanos; o repasse de recursos para contratação da obra de reurbanização da Praia de Ubu; além da inauguração do Centro de Referência Especializado em Assistência Social (Creas).

Segundo a secretária de Estado do Governo, Maria Emanuela Alves Pedroso, com pavimentação e drenagem das 12 vias, a população será beneficiada com melhores condições de acesso ao bairro, conquistando mais qualidade de vida. Além disso, a titular da Secretaria do Governo reforça que toda a região será muito mais valorizada, aumentando o potencial do comércio local.

Fundo Cidades. A secretária destaca que, por meio do Fundo Cidades, o Governo do Estado vem realizando investimentos em todos municípios capixabas, permitindo que o Espírito Santo avance em seu desenvolvimento, de forma equilibrada.

Creas.No âmbito da Assistência Social, com investimento de R$ 1 milhão do Governo do Estado, a inauguração do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), no bairro Anchieta, vai impactar de maneira positiva o atendimento ao público e as condições de trabalho das equipes técnicas.

Governo do Estado repassará à Prefeitura de Anchieta R$ 5 milhões, na proporção em que os trabalhos forem sendo executados.

De acordo com o subsecretário de Estado de Trabalho, Emprego e Geração de Renda, Carlos Castiglione, a entrega reforça o compromisso do Governo do Estado com a proteção social dos capixabas. “Ampliar nossa rede física é uma das metas colocadas pelo Governo do Estado e que vem sendo cumprida à risca. Nosso objetivo é ambicioso, mas com planejamento, alocação de recursos e parcerias, vamos entregando os resultados que o Espírito Santo merece.”, enfatizou Casteglione.

O Creas integra a política de Assistência Social e busca oferecer apoio e orientação às famílias e indivíduos, registradas no Cadastro Único, em situação de risco pessoal e/ou social por violação de direitos.