Dando sequência a mais um capítulo da greve dos ônibus, os moradores de Guarapari amanheceram com a notícia de que apenas oito veículos estavam circulando em toda a cidade. A medida pegou todos de surpresa, visto que havia uma decisão judicial definindo 80% da frota nas ruas durante os horários de pico.

Segundo a empresa Lorenzutti, responsável pelo transporte público em Guarapari, os rodoviários, que estão em greve desde o final de abril, foram impedidos pelo sindicato de sair com os ônibus da garagem hoje, liberando apenas oito veículos durante a manhã e descumprindo a ordem da justiça.

Motoristas da Lorenzutti em greve contra o atraso nos pagamentos.

A greve impactou apenas o horário da manhã, agora a tarde os veículos já voltaram à normalidade. É válido lembrar que a justiça emitiu uma liminar afirmando que 80% dos ônibus deveriam estar circulando na cidade nos horários de pico, e caso a decisão fosse descumprida, deveria ser paga uma multa diária de R$30 mil.

O que disse o Sintrovig

Tentamos contato com o presidente do Sintrovig, Wanderley Gonçalves, para pedir esclarecimentos sobre a paralisação e se era apoiada pelo sindicato, porém não tivemos retorno.

O que disse a Lorenzutti

A empresa novamente afirmou que o sindicato foi o responsável pela paralisação, mantendo os veículos parados na garagem. Confira a nota: “Os ônibus foram impedidos de sair da garagem pelo Sindicato, descumpriram a liminar.”

Deixe seu comentário