O Sintrovig-ES publicou hoje, em um jornal de circulação estadual, um edital de greve. Após tentativas de negociação para melhoria de condição dos trabalhadores rodoviários que atuam na limpeza urbana e demais categorias representadas, o sindicato afirmou que os serviços podem ser paralisados a qualquer momento nas próximas 72 horas.

Conforme comunicado do Sindicato, as negociações coletivas têm sido frustradas, principalmente em relação ao reajuste salarial, ticket alimentação, plano de saúde e melhorias nas condições de trabalho no setor dos motoristas rodoviários da limpeza urbana. Em função do não avanço de propostas, o sindicato afirma que os trabalhadores da categoria estão em estado de greve.

Fonte: sala de trânsito. Imagem ilustrativa

Ainda segundo informações do sindicato, várias empresas do setor já estão cientes.”Informamos ainda que já foram dado ciência ao sindicato patronal (SELURES), empresas do setor, municípios da base territorial e Batalhão da Policia Militar de Guarapari”.

A prefeitura foi procurada, mas nos informou que parte do serviço de coleta é terceirizado e que deveríamos entrar em contato com a CTRVV. O Portal 27 ainda não conseguiu contato com a empresa. No que diz respeito aos funcionários da Codeg, fomos informados por meio de nota do município que não houve comunicado oficial e que os reajustes devidos foram dados aos trabalhadores. De acordo com a nota:

“A Companhia de Melhoramentos e Desenvolvimento Urbano de Guarapari (Codeg) informa que ainda não foi comunicada oficialmente pelo sindicato de nenhum movimento de greve e até o presente momento, os serviços estão sendo prestados normalmente.

A Codeg concedeu aumento neste ano, cumprindo o que determinou a convenção, inclusive os funcionários da Codeg já estão recebendo a segunda parcela do retroativo”, afirmou a assessoria de comunicação do município.
Deixe seu comentário