Você já pensou como seria sua vida se não tivesse um banheiro dentro de casa? Larissa Souza, conhecida como Isa, mora com os dois filhos no bairro Lameirão em uma pequena casa de dois cômodos partidos ao meio e vive o drama de não possuir um banheiro.

Conhecendo realidades como a de Isa em Guarapari, um grupo de amigos resolveu se mobilizar e criar o “Geração do Bem” que não tem nenhuma finalidade lucrativa e tenta ajudar a melhorar a condição de vida de famílias que precisam de ajuda.

Conversamos com Danubia Furtado Pereira, uma das fundadoras do grupo que afirmou já ter conseguido doações para algumas famílias, inclusive para a mãe de Isa que precisava de doações. “A família da Isa está precisando de um banheiro, sem banheiro dentro de casa eles fazem as necessidades em um piniquinho. A gente já conseguiu dar uma força para a mãe dela, mas a gente ainda precisa de ajuda assim”, afirmou.

“Ela mora no Lameirão, em uma casinha ao lado da casa da mãe, que também passa por situação de dificuldade. A mãe dela não tinha fogão e a gente foi atrás junto com a galera e conseguimos uma doação de um fogão, a gente leva alguns alimentos também”, afirmou Danubia.

“O grupo “Geração do Bem” surgiu entre mim e mais um amigo. Nós vimos uma reportagem da casa da Raquel, uma moça de Olaria que estava precisando de uma ajuda em alimentos, colchão. Assim a gente se uniu para ajudá-la e quando postamos a foto, muitas pessoas quiseram ajudar. Nos unimos com outros amigos e montamos o grupo. Hoje recebemos doações de pessoas que estão até embarcadas fora do estado”, afirmou.

Outra família. “Visitamos também uma outra família que o rapaz dorme em um tipo de quartinho junto ao galinheiro. Isso cortou meu coração, o nome dele é Alexandre Garcia Santana, a gente olha pra ele e vê que é um menino do bem, vai para a escola no Ipiranga sem transporte nenhum. Quando chegamos à casa dele, não tinha alimento nenhum, estamos também tentando ajudar, conseguir ajuda para erguer uma parece e fazer um quarto para ele”, afirmou Danubia.

Alexandre e o quarto onde ele dorme

Se você se sensibilizou com a história de Isa e Alexandre e pode ajudá-los de alguma forma, basta entrar em contato com a Danubia pelo telefone (27)99839-3492 e unir forças juntamente com o grupo “Geração do Bem”. A situação é complicada, tem que ter muito coração, porque eu estou aprendendo hoje o significado da palavra amor”, finalizou.

Deixe seu comentário