Nos dias 07, 14 e 21 de outubro deste ano, o 2° Juizado Especial Cível de Linhares realizará a conciliação de 82 processos envolvendo ações com pedidos de indenização contra a mineradora Samarco, após os danos causados pela tragédia da barragem de Mariana, ocorrida em novembro de 2015.

samarco
A maioria das petições é de autoria dos moradores de Vila de Regência. Foto: João Thomazelli/Portal27

A maioria das petições, segundo informações da equipe que atuará no mutirão, é de autoria dos moradores de Vila de Regência, uma das regiões mais afetadas pela enxurrada de rejeitos que atingiu o Litoral do Estado. Os atendimentos serão feitos no Fórum do Município, das 8h00 às 17h30, com intervalos para o almoço.

O principal objetivo da ação é dar celeridade aos processos, uma vez que serão analisadas ações que tratam de um mesmo assunto. O atendimento às demandas da sociedade também é outro ponto que motivou a instituição do mutirão no Juizado. A equipe que atuará durante as conciliações será coordenada pelo juiz titular da Vara, Wesley Sandro Campana dos Santos.

Com informações do Tribunal de Justiça do Estado (TJES).