Manifestantes de várias entidades interditaram a ponte de Guarapari no começo da manhã de hoje (12). O movimento começou pouco depois das 6 horas da manhã e se estendeu até às 10 horas. Os manifestantes bloqueavam uma mão da ponte de dez em dez minutos.

os manifestantes fechavam uma das vias da ponte de dez em dez minutos. Foto: João Thomazelli/Portal 27
os manifestantes fechavam uma das vias da ponte de dez em dez minutos. Foto: João Thomazelli/Portal 27

A manifestação foi organizada pelo Movimento Urbano, que tenta derrubar o decreto municipal 389/2016 que obriga o embarque e desembarque de passageiros de ônibus intermunicipais apenas na rodoviária de Guarapari. Além de integrantes do Movimento Urbano, também estavam presentes presidentes de várias associações de moradores e representantes dos sindicatos dos professores e do Sintrovig, que representa os motoristas e cobradores de ônibus, além de estudantes e trabalhadores que estão sendo prejudicados pelo decreto.

Manifestantes receberam apoio de motoristas que passavam no local. Transito foi liberado às 10 horas. Foto: João Thomazelli/Portal 27
Manifestantes receberam apoio de motoristas que passavam no local. Transito foi liberado às 10 horas. Foto: João Thomazelli/Portal 27

Depois de terminado o protesto na ponte, os manifestantes seguiram à pé para a praça Philomeno Pereira Ribeiro (praça da Itapemirim) e se dispersaram. De acordo com a organização do manifesto, cerca de 100 pessoas estiveram no protesto em horários diferentes. Para a Polícia Militar, que acompanhou de perto a manifestação e ajudou a controlar o trânsito, cerca de 40 pessoas participaram do evento. Não houve nenhum incidente.

A todo momento motoristas que passavam pelos manifestantes buzinavam, em apoio ao movimento. Outras ações estão sendo planejadas para a próxima semana.

Também na manhã de hoje os ônibus intermunicipais não circularam. Manifestantes bloquearam as saídas das garagens com carros e os ônibus ficaram impedidos de circular até às 9 horas.

Comments are closed.