Com grande alegria o altar e templo da Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição, em Guarapari, teve sua dedicação realizada no último dia 20 de novembro.  A Missa solene, foi celebrada pelo arcebispo da Arquidiocese de Vitória, Dom Dario Campos, e contou com a presença de todos os padres, que passaram pela matriz nesse processo de reforma e ampliação.

Além da presença dos seminaristas e diáconos do Seminário Nossa Senhora da Penha, compareceram autoridades do município e fiéis.  A dedicação da Igreja é um processo litúrgico, que ocorre quando o templo passa por reformas. Neste dia especialmente, o altar foi consagrado pelo Arcebispo.

A Missa solene, foi celebrada pelo arcebispo da Arquidiocese de Vitória, Dom Dario Campos, e contou com a presença de todos os padres, que passaram pela matriz nesse processo de reforma e ampliação.

“Igreja feliz, tabernáculo de Deus com o ser humano, templo santo, que se constrói com pedras vivas, firme sobre o fundamento dos Apóstolos, com Cristo Jesus, sua grande pedra angular.

Aqui, ao redor da mesa do altar, celebrem vossos fiéis o Memorial da Páscoa e se alimentem no banquete da Palavra e do Corpo de Cristo”, palavras da consagração do altar, proferidas pelo Dom Dario.

Ritos litúrgicos

Ainda dentro dos ritos da dedicação da Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição, houve a unção do altar e das paredes. A incensação do altar, da igreja e a iluminação da igreja.

Além da presença dos seminaristas e diáconos do Seminário Nossa Senhora da Penha, compareceram autoridades do município e fiéis.

Obra

A obra era muito esperada, visando acomodar melhor os fiéis da cidade de Guarapari e turistas que visitam à Cidade Saúde. Desde 2013 iniciou-se o projeto de reforma e ampliação, na época em que o padre Jorge Campos era o pároco e então idealizou o projeto.

“Nossa Igreja ficava muito cheia e principalmente no verão, as pessoas assistiam à Missa de pé e do lado de fora. Nosso Bispo Dom Luiz à época, nos solicitou que fizéssemos a obra para acolher melhor o povo”.

Mais lugares

A partir de agora, a Igreja comporta 1.600 pessoas sentadas, e há mais espaço para acomodar as pessoas de pé. Desde o piso ao teto, tudo foi reformado e ficou belíssima a Igreja Matriz.

Todo o templo recebeu aparelhos de ar condicionado que deverão ser ligados em breve, após autorização da Companhia de Energia Elétrica.

Obras de Arte Sacra na Matriz

No conjunto dessa reforma, diversas obras de arte sacra contemplam a Igreja Matriz. No presbitério, um pedaço do céu em forma de obra de arte, assinada pelo artista Romolo Picolli, no Santíssimo anjos foram desenhados.

Dessa vez, o destaque foi para as portas principais de acesso à igreja, feitas em aço portenho,  conforme informou o pároco, Padre Diego Carvalho.

A partir de agora, a Igreja comporta 1.600 pessoas sentadas

“Quando a porta se fecha para rua, vocês vão ver o Espírito Santo, simbolizado na pomba, o arcanjo Gabriel que anunciou a Virgem Maria. Já a maçaneta principal da porta tem as iniciais das expressões princípio e fim, alfa e ômega, para dizer: tudo começou com o anúncio do anjo e tudo termina no Cristo, que é o alfa e ômega, o princípio e fim de todas as coisas”.

Padre Diego agradeceu a todos que contribuíram para realização desta obra.

 Só tenho a agradecer a Deus e à todos. Deus quer, o homem sonha e a graça acontece. A Igreja está linda”, concluiu.

Arquitetura em forma de barco

 A arquitetura da Igreja Matriz remete a um grande barco, onde as vidraças permitem visualizar de fora toda a beleza e a importância do templo para a cidade.

Participaram do projeto arquitetônico, os arquitetos Gregório Repsold e Olímpia Repsold, Juliana Breda e Jaqueline.

Missa foi transmitida pela TV Guarapari e Redes Sociais da Paróquia

A Missa foi transmitida pela TV Guarapari e pelas redes sociais da Paróquia, a fim de possibilitar que todos pudessem participar da solenidade.

Devido a pandemia, a Igreja tem respeitado as regras de saúde, cumprindo todos os protocolos de prevenção ao Covid-19. Os bancos estão sinalizados, para que as pessoas mantenham o distanciamento.

O acesso a igreja só mediante uso de máscara. Todos que entram, passam pela equipe de voluntários que mede a temperatura. Também foi disponibilizado álcool em gel em diversos pontos da matriz.

As obras terão continuidade para construção da parte parte administrativa e da área externa.