Em conferência realizada por telefone, Anderson Silva comentou a afirmação do campeão Chris Weidman, que promete partir para cima dele no dia 28 de dezembro, dia em que farão a mais aguardada revanche de 2013. O brasileiro também lembrou que a primeira luta, em que foi nocauteado pela primeira vez na carreira, já faz parte do passado e falou sobre as mudanças feitas na equipe técnica.

anderson-silva-wants-a-rematch-for-the-ufc-middleweight-title-this-year

“Acho interessante ele ter essa cabeça mesmo. Eu não tenho nada para provar a ninguém, mas realmente estou muito motivado. A última luta já é passado, estou pensando na próxima, e tudo será diferente. Realmente nós tivemos algumas mudanças. Quando encontramos um erro, temos de mudar. Mas é tudo, isso é passado. Estamos pensando na próxima luta e tudo será diferente. Acredito que quando você está bem treinado e bem de cabeça, tudo é possível. Meu foco é nessa luta, no Weidman e não estou pensando em nada além disso”

Anderson, que alegou ter sentido muita pressão durante os quase sete anos em que manteve o cinturão do peso médio, garante que não haverá muita diferença se recuperar o título no UFC 168. “Não tem muita diferença. Acho que é só mais experiência. Nada é fácil quando se é um lutador do UFC”.

Veja o vídeo do Nocaute.

http://youtu.be/Q3pFCuq9Ca8

Nutrieu

Com informações  do Por Dentro da Arena.

Deixe seu comentário