O dia de hoje foi de muita briga e uma vitória temporária para moradores de uma rua no bairro Itapebussu. Funcionários da obra de reconstrução da Escola Estadual Polivalente estavam em uma rua paralela ao colégio prontos para retirar todas as árvores do local. Uma moradora entrou em contato com o Portal 27 preocupada com a situação.

“Meu nome é Aline Costa Faria sou moradora do bairro Itapebussu, em Guarapari/ES.

Moro em uma rua arborizada que está sendo DESTRUÍDA NESTE MOMENTO por causa da construção da Escola Estadual Polivalente.

Preciso MUITO da ajuda de vocês para me ajudar a impedir esse CRIME.

Minhas árvores são patrimônio da MINHA RUA, nós que plantamos, nós que construímos a calçada e toda pavimentação da minha rua. Nós moradores temos DIREITO de manter nossas árvores no seu local NATIVO!!

Quando moradores perceberam que as árvores estavam sendo retiradas, eles se revoltaram. Foto: Aline Faria.
Quando moradores perceberam que as árvores estavam sendo retiradas, eles se revoltaram. Foto: Aline Faria.

Uma delas já foi arrancada, e os responsáveis falaram que tem autorização da prefeitura. Mas como pode isso??? Conseguiram autorização sem COMUNICAR os moradores. A prefeitura não é dona da cidade!! Nós moradores somos!!!

Por favor, me ajudem!!! Venham aqui agora e vamos impedir a MORTE das minhas árvores!! Muito antes de existir o projeto para a construção da escola, as árvores já EXITIAM. Eles não tem esse direito!!!”

Ela ainda mostra através de fotos que diversas árvores da antiga parte da frente do colégio já foram retiradas e nada foi replantado no lugar.

A entrada da escola não tem mais nenhuma árvore próxima. Foto: Aline Faria.
A entrada da escola não tem mais nenhuma árvore próxima. Foto: Aline Faria.

Resposta

Entramos em contato com a Prefeitura, para entender o porque da retirada das árvores e recebemos a seguinte nota:

“A Secretaria de Meio Ambiente informa que haverá, na próxima segunda-feira, dia 17/02, às 9:30 haverá reunião entre os representantes do IOPES e os moradores. Na ocasião, o engenheiro responsável apresentará o projeto da escola além de esclarecer dúvidas referente ao tema levantado pela moradora”, dizia.

Deixe seu comentário